Director de XCOM elogia Mario + Rabbids Kingdom Battle

Inspirou uma reavaliação do género.

Mario + Rabbids Kingdom Battle é um dos mais inesperados e curiosos exclusivos da Nintendo Switch e não foram somente os jogadores que ficaram espantados com o seu anúncio e qualidade, algumas figuras da indústria também.

Jake Solomon, director criativo de XCOM, é uma dessas pessoas que ficou surpreendida com o jogo da Ubisoft e vai mais longe, diz mesmo que Mario + Rabbids o inspirou a reavaliar todo o género.

Solomon diz que viu pela primeira vez Mario + Rabbids quando preparava a apresentação de XCOM 2: The War of the Chosen na E3 2017 e não ficou com medo da concorrência, ficou com esperança e entusiasmado com as reacções.

"Bons jogos tácticos criam novos jogadores tácticos, depois todos no género beneficiam. Além disso, o jogo parecia lindo e divertido, e queria que fosse bom porque eu queria jogá-lo. Nem dois meses depois, todos descobrimos que Mario + Rabbids é realmente lindo e divertido, é muito bom," disse Solomon.

Segundo explica, Mario + Rabbids é muito diferente de XCOM, na forma como está desenhado para enfrentar o jogador. No seu jogo, existe um factor aleatório que surpreenderá sempre o jogador, enquanto no título da Ubisoft existe uma forma correcta de fazer as coisas, como se fosse uma espécie de quebra-cabeças, com uma forma diferente de pressionar o jogador.

"Em Kingdom Battle, o stress está em saber que o conjunto de escolhas que nos levam à vitória é pequeno. Cada escolha tua pode colocar-te no caminho errado e nas missões mais à frente, esse grupo de escolhas fica ainda mais pequeno. No entanto, o stress do combate é contra-balançado com poderosas novas inovações no género táctico. O movimento é surpreendentemente divertido e fluido, os aliados saltam com a ajuda uns dos outros, deslizam pelos inimigos por perto, ou acedem a novas áreas do terreno através de canos."

1

"Quando as pessoas fazem bons jogos, ganhamos todos."

Solomon diz que a inesperada combinação de Mario com os Rabbids em combates por turnos com um mundo repleto de quebra-cabeças é uma surpresa e que até sentiu alguma inveja com descobriu uma mecânica altamente inteligente.

"Mario + Rabbids relembrou-me o quanto ainda tenho para aprender enquanto designer. Criar XCOM é muito recompensado. Também é excruciante. Cada missão é processo de longos anos repleto de stress, dúvida e de muitas, muitas horas."

O director criativo diz que é uma alegria ver outra equipa a subir a parada e a melhorar o género, mostrando que existe sempre espaço para melhorar, especialmente quando é feito em elementos nos quais mais ninguém pensaria.

"Não contes com cores vibrantes, plantas falantes e criaturas loucas numa floresta no próximo XCOM. Mas não fiques surpreendido por ver o movimento a funcionar de uma forma completamente diferente. Este é o principal encanto de Mario + Rabbids: Kingdom Battle para mim: ter um adversário de qualidade, ou talvez seja um compatriota de qualidade. Quando as pessoas fazem bons jogos, todos ganham."

Publicidade

Salta para os comentários (1)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Beta aberta de Legends of Runeterra já tem data de lançamento

Regista-te já e recebe acesso antecipado.

Fotos do Dualshock 5 partilhadas na internet

Por funcionário de limpeza num estúdio.

Sekiro nomeado o Jogo do Ano nos Game Awards 2019

Disco Elysium foi um dos grandes nomes da noite.

Também no site...

Comentários (1)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários