Muitos fãs de The Last of Us ficaram extremamente excitados com o trailer revelação da parte II da saga da Naughty Dog. A música, o ambiente, uma cara familiar, foram factores que contribuíram para que a comunidade gamer ficasse em pulgas sobre o que reserva o futuro para Ellie. Todavia, a cena mostrada não fará parte do jogo.

Não é incomum na indústria que os trailers de revelação de determinado jogo não façam parte da versão final do mesmo pelo que, com a confirmação por parte de Neil Druckmann, o realizador do jogo, de que a cena em questão não irá estar presente e que era puramente promocional, a surpresa foi diminuta.

"O primeiro trailer que mostrámos existe puramente como anúncio. Não se trata de uma cena que ocorre no jogo", disse Druckmann, debruçando-se ainda sobre a controvérsia que o segundo trailer recebeu devido à violência do mesmo, apesar de se tratar de um jogo com temáticas claramente "adultas".

“Algumas pessoas, tal como estávamos à espera, ficaram incomodadas com o que viram nessa cena e isto deu aso a discussões interessantes sobre o tipo de violência que poderá ser mostrado num videojogo. Que tipo de violência pode ser usada no marketing de um jogo? Deverá o marketing mostrar todas as facetas do jogo?", comenta o realizador. "Existe uma campanha de marketing, mas é impossível contar-te tudo sobre o jogo. Apenas o próprio jogo pode fazê-lo. De cada vez que disponibilizamos algo, mostrámos-te uma faceta diferente daquilo que será a experiência final e penso que algumas pessoas queriam mais contexto dentro deste trailer devido ao facto de estarem incomodadas ou chocadas. Eu penso que isso é colocar demasiado peso e responsabilidade numa pequena porção do jogo".

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Salgado

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.