A Sledgehammer queria Advanced Warfare 2 como o Call of Duty 2017

A Activision não deixou.

Call of Duty: WWII chegou no dia 3 de Novembro às lojas e foi recebido com incrível entusiasmo pelos fãs, mas a Sledgehammer Games partilhou que originalmente, a sua vontade era desenvolver um jogo diferente.

Eric Hirshberg, director executivo da Activision, conversou com o Newsweek e partilhou que os planos originais passavam pelo desenvolvimento de uma sequela para Advanced Warfare, o anterior título da Sledgehammer.

Call of Duty: Advanced Warfare 2 teria um cenário futurista, onde jogadores com armas laser e fatos especiais. No entanto, este desejo seguia em direcção oposta ao que os fãs pediam, o que fez a Activision colocar a Sledgehammer a trabalhar num jogo na Segunda Guerra Mundial.

Hirshberg disse que a Sledgehammer era o melhor estúdio para o fazer, acreditaram que iriam perseguir uma grande autenticidade e que iriam capturar a inacreditável escala daquele violento confronto.

Call of Duty: WWII já se encontra disponível na PS4, Xbox One e PC.

Publicidade

Salta para os comentários (13)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Dreams ganha data de lançamento

Sairá do Acesso Antecipado em Fevereiro.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

Grand Theft Auto Online está cada vez mais popular

Seis anos depois, é uma máquina de gerar dinheiro.

Esta publicidade da PS4 Pro é de chorar

Já alguma vez um videojogo te fez chorar?

Também no site...

Comentários (13)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários