A Sledgehammer queria Advanced Warfare 2 como o Call of Duty 2017

A Activision não deixou.

Call of Duty: WWII chegou no dia 3 de Novembro às lojas e foi recebido com incrível entusiasmo pelos fãs, mas a Sledgehammer Games partilhou que originalmente, a sua vontade era desenvolver um jogo diferente.

Eric Hirshberg, director executivo da Activision, conversou com o Newsweek e partilhou que os planos originais passavam pelo desenvolvimento de uma sequela para Advanced Warfare, o anterior título da Sledgehammer.

Call of Duty: Advanced Warfare 2 teria um cenário futurista, onde jogadores com armas laser e fatos especiais. No entanto, este desejo seguia em direcção oposta ao que os fãs pediam, o que fez a Activision colocar a Sledgehammer a trabalhar num jogo na Segunda Guerra Mundial.

Hirshberg disse que a Sledgehammer era o melhor estúdio para o fazer, acreditaram que iriam perseguir uma grande autenticidade e que iriam capturar a inacreditável escala daquele violento confronto.

Call of Duty: WWII já se encontra disponível na PS4, Xbox One e PC.

Publicidade

Salta para os comentários (13)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (13)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários