Será que actualmente os jogos ficaram mais fáceis, ao ponto de títulos como Dark Souls ou Bloodborne serem considerados de dificuldade acima da média por apresentarem uma estrutura que pune os erros do jogador? É verdade que na década de 80 muitas produções nasceram sob o crivo do sistema arcade, através do qual os jogadores gastavam moedas em créditos e quanto mais difícil de superar um jogo fosse, mais moedas eram gastas. Daí que muitos jogos da Capcom e Konami, proeminentes produtoras de jogos para as arcadas, sejam vistos como títulos de dificuldade acima da média, o que se verifica, por exemplo com a série Contra ou com o reconhecido Ghouls'n Ghosts.

Atendendo a que mais pessoas jogam hoje do que há vinte ou trinta anos, é normal um abrandamento no grau de dificuldade. Muitas experiências ficaram mais acessíveis, na tentativa de chegarem a maior audiência, não faltando truques para passar adiante fases complicadas. O lançamento de Cuphead relançou novamente o incremento da dificuldade. Parece-nos que, de um modo geral, os jogos são mais simples e acessíveis hoje, mas é bom, para o equilíbrio, que apareçam títulos que levem o jogador a desenvolver uma dose suplementar de esforço. É a pensar nisso que elaboramos aqui um top de 10 jogos difíceis.

Contra - NES (1997)

Esta é uma série em que só o nome chega para impôr respeito. E quando se trata da versão NES, com o acréscimo de mais perigos, estamos perante um sólido bloco que só os mais pacientes e dedicados são capazes de atingir os créditos finais. Um pequeno avanço é quase uma conquista. Infelizmente, os inimigos multiplicam-se e os níveis em que há uma alteração na perspectiva tornam a tarefa ainda mais delicada. Os jogos ulteriores da série deram sequência à dificuldade punitiva, mas o original é daquelas experiências que nunca mais se esquece.

O jogo foi lançado originalmente em 1987, publicado em diferentes plataformas, sendo a versão NES a mais difícil de superar.

Sobre o Autor

Vítor Alexandre

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Mais artigos pelo Vítor Alexandre

Comentários (97)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Hollow Knight na PS4 e Xbox One em 2019

Death's Gambit a caminho da Switch e Xbox One.

Nintendo Direct às 13 horas de hoje

Actualização: Revelados novos Nindies para a Switch.

Ficaram mais Nindies Switch por revelar

A Nintendo tem mais na manga.

Últimas

Hollow Knight na PS4 e Xbox One em 2019

Death's Gambit a caminho da Switch e Xbox One.

Nintendo Direct às 13 horas de hoje

Actualização: Revelados novos Nindies para a Switch.

Ficaram mais Nindies Switch por revelar

A Nintendo tem mais na manga.

Publicidade