Ubisoft diz que Zelda: Breath of the Wild foi buscar coisas a Far Cry

O que a Nintendo fez foi aperfeiçoar sistemas.

The Legend of Zelda: Breath of the Wild, já classificado por muitos como um dos melhores jogos de sempre, foi buscar ideias a outros, nomeadamente à série Far Cry e a outros títulos da Ubisoft.

Yves Guillemot, o CEO da Ubisoft, disse na edição #311 da revista EDGE (via WCCF Tech) que "é interessante que The Legend of Zelda: Breath of the Wild tenha tirado muitas coisas que existiam em Far Cry e outros jogos da Ubisoft, mas fê-lo perfeitamente".

"Penso que a parte mais importante não são os sistemas em si, são as formas como podem ser aperfeiçoados; como podem dar ao jogador a melhor experiência possível," continuou Yves Guillemot.

"O mesmo sistema pode estar em dois jogos e não ser a mesma coisa. O trabalho é, na verdade, assegurar que tens um certo número de possibilidades e que consegues combiná-las de forma a criar uma experiência excelente. Quando dois sistemas são semelhantes, é porque os produtores não conseguiram tirar total proveito desses sistemas."

Yves Guillemot acrescenta que estão a gastar cada vez mais tempo nos seus jogos para assegurarem que são diferentes e que esse sempre foi o objectivo. No entanto, não deixa de sublinhar que outros jogos, como Horizon: Zero Dawn, foram buscar sistemas aos jogos da Ubisoft.

Por outro lado, o CEO da Ubisoft sugere que isto é natural na indústria e admite que "estamos sempre a olhar para outros jogos e para outras editoras".

Publicidade

Salta para os comentários (48)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (48)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários