Depois de Call of Duty: WW2, a cargo da Sledgehammer Games, a Activision apresentará um novo jogo na série, desenvolvido pela Treyarch, cujo anterior foi Black Ops 3.

Depois da controvérsia em torno do futurista Infinite Warfare e do regresso às origens em WW2, a série Call of Duty poderá apostar novamente numa era militar moderna.

Numa oferta de trabalho, a Activison sugere que o Call of Duty de 2018 decorrerá num ambiente de tecnologia militar moderna.

A companhia procura uma pessoa capaz de trabalhar num sistema de combate e que apresente "profundos conhecimentos de armas de fogo e tecnologia militar modernos."

Antes da chegada ou sequer anúncio desse Call of Duty 2018, terás no dia 3 de Novembro Call of Duty: WW2 nas lojas.

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão

Comentários (30)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados