Call of Duty WWII terá microtransacções para cosméticos

Mas nada vai garantir bónus nem aumento de estatística.

As microtransacções vão voltar a Call of Duty.

Os capítulos anteriores da saga, como Black Ops III e Infinite Warfare, já contavam com microtransações. Call of Duty WWII não será excepção, contudo, as microtransacções só vão permitir comprar itens estéticos, contrastando com Infinite Warfare, em que era possível gastar dinheiro real em Supply Drops para obter melhores armas.

Michael Condrey, co-fundador e responsável pela produção na Sledgehammer Games, disse-nos na Gamescom 2017 que, para manter a fidelidade do jogo à Segunda Guerra Mundial, apenas foram incluídas personalizações com registo histórico.

Sweetheart_Grip_1911
Sweetheart grip da Segunda Guerra Mundial.

Uma das skins que vais encontrar será de leopardo, que aparemente é real. Além disto também terás as Sweetheart Grips, um acessório que permite personalizar a pega das armas com fotografias e outras imagens.

Condrey também garantiu que estas personalizações não vão alterar as estatísticas nem modificar o comportamento das armas. Além disso, todas as personalizações poderão ser desbloqueadas sem gastar dinheiro real.

Publicidade

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários