Bungie explica os 30 fps em Destiny 2

O problema é o CPU das consolas.

Desde a revelação de Destiny 2 que sabemos que que a framerate estará, mais uma vez, bloqueada a 30 fotogramas por segundo nas consolas. É uma decisão que desiludiu alguns fãs desta propriedade, mas agora a Bungie explicou melhor por que razão os 60 fotogramas não eram possíveis nas consolas.

Mark Noseworthy, o produtor executivo de Destiny 2, disse na mais recente edição da revista Edge, que o problema está na simulação do mundo. A inteligência artificial consume bastante recursos, e depois ainda há grandes espaços abertos, suporte para seis jogadores, por vezes aparecem veículos e ainda naves do céu. É nestas ocasiões que o CPU das consolas fica sobre pressão.

Tecnicamente, será possível colocar Destiny 2 a correr a 60 fotogramas por segundo nas consolas, mas haveria a necessidade de limitar o espaço e torná-lo menos cooperativo. Também haveria menos inimigos.

O produtor executivo explica que o objectivo primário da Bungie é criar um jogo incrível de acção e defende que oferecem uma experiência que não podes encontrar em mais nenhum lado. Ultimamente, Mark Noseworthy diz que se queres tanto os 60 fotogramas por segundo pode sempre montar um PC e comprar essa versão de Destiny 2.

Destiny 2 estará disponível a 6 de Setembro para a PlayStation 4 e Xbox One. A versão para PC chegará a 24 de Outubro.

Salta para os comentários (39)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (39)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários