Crash Bandicoot N. Sane é mais difícil que os originais

Git Gud!

Quando muitos jogadores começaram a jogar a Crash Bandicoot N.Sane Trilogy, uma das principais questões que colocaram foi se os jogos eram realmente assim tão difíceis.

Segundo confirmado ao Kotaku, a resposta é não. Os jogos eram difíceis e exigentes, mas não tanto assim. A Vicarious Visions confirmou que a dificuldade dos remasters está superior aos dos jogos lançados na década de 90.

Kevin Kelly da Activision escreveu que a Vicarious Visions aplicou diversas mudanças à trilogia que exigem "maior precisão no primeiro jogo, tornando a experiência de jogo diferente."

"Quem jogou os originais e adquiriu uma boa memória muscular, reaprender a dominar o jogo pode representar um inesperado desafio adicional," escreveu Kelly.

A Vicarious alterou os saltos e colisões nos remasters de forma a unificar as três experiências. A Vicarious olhou para Crash 3 e sentiu que tem os melhores controlos sobre o personagem. Decidiu então aplicar o mesmo tratamento a todos os jogos pois é a abordagem mais moderna e melhorada de controlo na trilogia original.

Além das alterações nos salto (a Vicarious dá o exemplo que Crash demora menos tempo a cair quando largas o botão X), foram feitas mudanças ao sistema de colisão e físicas.

Kelly aconselha começar pelo segundo ou terceiro jogo e quando os dominares, pega no primeiro.

Salta para os comentários (36)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

O que estamos a jogar - 17 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Poderás ativar a Invencibilidade em Psychonauts 2 se quiseres

A Double Fine diz que todos devem ter a possibilidade de jogar.

Contra regressa como um jogo para iOS e Android

Desenvolvido pelo mesmo estúdio de COD: Mobile.

Também no site...

Comentários (36)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários