Destiny 2 terá melhor ritmo para a chegada de novidades

Graças a conteúdos criados pela Vicarious Visions e High Moon.

Eric Hirshberg, CEO da Activision, declarou que não ficou contente com a cadência de novos conteúdos em Destiny 1 e com a incapacidade para acompanhar os pedidos por novos conteúdos na comunidade.

Isso significa que estarão dedicados em assegurar que não acontece o mesmo em Destiny 2. Hirshberg afirma que a sequela da Bungie não passará pelos mesmos longos períodos do primeiro sem receber novos conteúdos.

"Sinto que, por mais fantásticos que The Dark Below, House of Wolves, The Taken King e Rise of Iron sejam, havia claramente apetite por mais," disse o homem da Activision.

A solução passa pelo apoio da Vicarious Visions e High Moon Studios que estão a trabalhar com a Bungie para criar conteúdos adicionais AAA para Destiny 2, permitindo um ritmo muito mais robusto de novidades.

Hirshberg falou ainda sobre a decisão de começar do zero em Destiny 2, afirmando que não foi decidido de ânimo leve.

"Foi algo altamente debatido, porque se tens um universo persistente, o investimento das pessoas continua a ter valor na perpetuidade. No entanto, isso pode tornar intimador para os novos jogadores."

Destiny 2 será lançado a 6 de setembro na Xbox One e PS4, enquanto a versão PC chegará a 24 de outubro. Antes disso, a 18 de julho, poderás entrar na beta para consolas. A beta PC começa a agosto.

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários