Dragon Ball FighterZ terá "modo single-player rico"

Vai agradar tanto a casuais como a hardcores.

Uma das preocupações constantes nos jogos de luta são os conteúdos single-player, que ainda hoje continuam a ser negligenciados por alguns jogos do género. Há bons exemplos como Injustice 2 e maus exemplos como Street Fighter V.

No caso de Dragon Ball FighterZ, eleito com o Melhor Jogo de Luta da E3 2017, ainda não sabemos como se comportará neste aspecto, mas Tomoko Hiroki, produtor da Bandai Namco, garantiu numa entrevista com o Siliconera que terá "modo single-player rico".

"É verdade que estamos focados no combate. É por isso que não vamos colocar um sistema de subir de nível ou de personalização, assim podes ganhar com as tuas habilidades na jogabilidade," explicou Tomoko Hiroki.

"Vamos ter um modo single-player rico, por isso não será uma entrada difícil para os fãs, mas não podemos revelar detalhes por enquanto. Fomos um bocado gananciosos e quisemos agradar tanto a fãs casuais como hardcore."

Publicidade

Salta para os comentários (7)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (7)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários