Esta semana da E3 2017 tem sido polémica por causa das declarações de Luke Smith, director de Destiny 2, sobre o motivo pelo qual o jogo corre a 30fps na PS4 Pro e na Xbox One X. Segundo ele, isto acontece porque querem manter uma experiência o mais parecida possível entre plataformas.

Rapidamente surgiram rumores de que a Sony poderia estar por detrás disso, e especulava-se que a companhia tinha acordado com a Bungie para esta não usar o poder extra da Xbox One X neste jogo. Agora Mark Noseworthy, chefe de projecto, veio esclarecer que não houve acordo nenhum.

"Nunca travaríamos o desempenho de um jogo numa plataforma para contentar um parceiro. Nem ninguém nos pediu isso. Optimizámos cada plataforma para oferecer a melhor experiência de jogo de acção social possível," escreveu Noseworthy numa série de mensagens no Twitter.

"O jogo será executado a 30fps em todas as consolas para garantir os cálculos da IA, o tamanho dos cenários e o número (indeterminado) de jogadores. Todos estes elementos estão interligados à CPU," acrescentou. "Actualmente estamos a avaliar os 4K para a Xbox One X. A consola será lançada depois de Destiny 2 e por essa razão estamos focados actualmente nas consolas de lançamento," esclareceu.

A Bungie confirmou recentemente que a versão PC de Destiny 2 terá resolução 4K e que esta será lançada no dia 24 de Outubro.

Publicidade

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Mais artigos pelo Luís Alves