Criada petição para que a Ubisoft cancele Far Cry 5

Activistas dizem que o jogo atenta contra a cultura norte-americana.

Far Cry 5 foi anunciado oficialmente há dias e ao que tudo indica nem todos estão contentes com este novo jogo. Isto porque um suposto grupo de activistas, que escrevem sob o nome de Gamers United, apresentou uma petição para que a Ubisoft modifique algumas coisas em Far Cry 5 ou, na pior das hipóteses, cancele o desenvolvimento do jogo.

Como deves saber, o jogo vai decorrer numa cidade fictícia dos Estados Unidos, e o objectivo principal do jogo será desmantelar uma seita de fanáticos religiosos chamada Eden Gate. O grupo Gamers United diz ser a voz "dos jogadores norte-americanos" e acredita que esta abordagem para o jogo é errada, já que atenta de várias formas contra a cultura e os jogadores daquele país.

"Far Cry 5 é um insulto para os fãs, ou seja, para os norte-americanos que são a maioria dos seus clientes, e está na hora de perceberam isso. Mudem isso ou cancelem-no," diz o primeiro parágrafo da petição que fez este grupo de activistas. Mais à frente, o Gamers United refere que, "Actualmente, têm de perceber que isto poderá ter repercussões violentas se pretenderem continuar com esta vossa crítica inútil".

Entre os pedidos concretos, o grupo pede à Ubisoft para incluir antagonistas mais realistas, ou seja, que não sejam norte-americanos cristãos, brancos e de olhos azuis, mas sim incluir personagens de cor, grupos islamitas e até mexicanos. Também exigem mudanças no enredo de Far Cry 5, uma vez que querem que a opressão do governo, e não a religião, obrigue os vilões a construir o seu próprio regime.

Se até agora isto te parece absurdo, o Gamers United também reclama uma versão Far Cry 5 exclusiva para os Estados Unidos, onde os factos acontecem no Canadá. Esta mudança, segundo os activistas, tornaria possível a venda do jogo dentro do país. "Entendemos que na França o anti-americanismo vende, mas nestes tempos, na nossa nação, não há nada mais importante do que ser norte-americano," dizem mais à frente na mensagem.

Esta petição do Gamers United poderá tratar-se apenas de uma piada de mau gosto, no entanto até ao momento a petição já conta com 1348 apoiantes. Para já a Ubisoft ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Publicidade

Salta para os comentários (83)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Dreams ganha data de lançamento

Sairá do Acesso Antecipado em Fevereiro.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

Grand Theft Auto Online está cada vez mais popular

Seis anos depois, é uma máquina de gerar dinheiro.

Esta publicidade da PS4 Pro é de chorar

Já alguma vez um videojogo te fez chorar?

Também no site...

Comentários (83)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários