Pokémon GO: Russo é culpado em tribunal por jogar numa igreja

Cuidado com os sítios onde jogas.

Um youtuber russo de Pokémon GO foi sentenciado em tribunal por ter publicado um vídeo a jogar numa igreja.

Ruslan Sokolovsky publicou o vídeo em Agosto de 2016, durante o pico de popularidade do jogo, e foi preso pouco depois por incitar ódio à religião. Esta Quinta-Feira a sua sentencia foi anunciada em Tribunal.

A sentencia consiste em três anos e meio de pena suspensa (via The Guardian), um alívio para Ruslan Sokolovsky, que corria o risco de ir para a cadeia. O youtuber já pediu desculpa pelas suas acções, embora no vídeo tenha dito que "é uma treta, quem é que pode ficar ofendido se andares com um smartphone na igreja?"

O juiz responsável pelo caso disse que as acções de Ruslan Sokolovsky no vídeo são um desrespeito à sociedade e têm intenção de ofender as pessoas religiosas. O vídeo tem quase 2 milhões de visualizações desde que foi publicado.

Publicidade

Salta para os comentários (10)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Pokémon Go - Tarefas e Recompensas da Pesquisa de Campo de Agosto

Todas as missões listadas, juntamente com a recompensa.

Pokémon Go - Raids de Cresselia, Kyogre e Groudon

Datas, Horários, Versões Shiny, Counters e mais sobre estas Raid Battles.

Comentários (10)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários