Remedy Entertainment focada na criação de mecânicas profundas

Estão a trabalhar em dois jogos.

Thomas Puha, responsável pelas relações públicas e comunidade na Remedy Entertainment, voltou a reafirmar a intenção dos Finlandeses em não passar tanto tempo sem lançar jogos, e revelou que estão à procura de mecânicas de jogo mais profundas.

A Remedy Entertainment lançou Quantum Break em 2016, depois de quatro anos sem novos jogos, e Puha diz que os fãs podem descansar, não vão demorar mais cinco anos a lançar um novo jogo. O uso do motor Umbra é um resultado desse esforço em apresentar jogos a melhor ritmo, e para permitir trabalhar em mais projectos ao mesmo tempo.

Sobre os projectos da Remedy, Puha disse que "estamos definitivamente mais focados nas mecânicas de jogo, agora e no futuro. Precisamos melhor isso, criar mecânicas de jogo mais profundas e melhores."

De momento, a Remedy conta com 140 pessoas a trabalhar em dois jogos, e segundo as informações mais recentes, nenhum deles é a aguardada e desejada sequela de Alan Wake.

Publicidade

Salta para os comentários (38)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (38)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários