Infinite Warfare quer capturar as sensações da 2ª Guerra Mundial

Apesar de ser um jogo com cenários futuristas.

Call of Duty: infinite Warfare vai decorrer num mundo futurista mas aparentemente quer propor sensações muito diferentes, colocado o foco no jogo sobre um outro aspecto.

O artista Thomas Szakolczay, falou em entrevista com o Gamespot salientando que existe a vontade de capturar as sensações, a coragem e as emoções vividas num cenário como foi o da Segunda Guerra Mundial.

"Não queríamos que o elemento de ficção científica fosse o foco," disse ele. "Ainda queríamos que se sentisse que a guerra está a acontecer e queríamos ter as mesmas sensações de um jogo sobre a Segunda Guerra Mundial. O mesmo tipo de desenvolvimento dos personagens, a mesma progressão de camaradagem, o mesmo tipo de sensações viscerais, mas com a adição do espaço".

"Faz parte das nossas origens e as melhores histórias de guerra foram contadas durante a Segunda Guerra Mundial," continuou Szakolczay. "Havia um inimigo claro e uma clara força heróica e nós quisemos capturar essa essência novamente".

call of Duty: Infinite Warfare tem lançamento previsto para o dia 4 de Novembro no PC, Xbox One e PlayStation 4.

Publicidade

Salta para os comentários (27)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (27)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários