Battlefield 1 - Dicas para veteranos

Para os mais dedicados à série Battlefield.

Desbloqueias armas ao subir de nível, e precisas de moeda in-game para as comprar

Para desbloquear armas e gadgets em Battlefield 1, precisas subir de nível mas mesmo assim não as poderás escolher desde logo. Subir de nível permite apenas que possas utilizar essa arma mas terás de a comprar primeiro. Isto é feito com uma nova moeda in-game criada pela DICE.

Ao utilizar uma personagem de uma certa classe, vais subindo de nível e desbloquearás armas, compradas com Warbonds. Isto implica que terás de pensar muito bem onde gastar os teus Warbonds, e que precisarás jogar com a classe específica que queres aperfeiçoar, ou então apostar em todas para tirar máximo proveito.

Não te poderás esquecer que se quiseres armas para a classe Scout, por exemplo, terás de passar tempo a jogar com ela para subir o seu nível. A grande maioria das armas fica desbloqueada a nível 3, algo que pode ser alcançado muito facilmente em menos de uma hora.

Não existem muitas armas, o importante são as variantes

O número de armas em Battlefield 1 é muito reduzido, comparado com os outros jogos da série, o que é compreensível tendo em conta a época em que o jogo decorre.

Cada classe tem cerca de 4 ou 5 armas, mas cada uma delas tem o seu próprio conjunto de variantes que mudam completamente as suas características. Seja menos coice ao disparar pela mira ou até miras que te permitem disparar com maior eficácia a distâncias mais longas, as variantes podem alterar por completo uma arma.

É importante que tenhas em conta todos os seus parâmetros da arma que queres comprar antes de gastar esses importantes Warbonds.

As LMGs tornam-se mais eficazes com o tempo

O comportamento das LMGs está diferente em Battlefield 1. Estas armas são o único tipo de arma da Classe Support, e a sua eficácia não é muito boa. No entanto, quanto mais disparas, mais firmes se tornam.

Só mesmo ao perto poderás disparar sem usar a mira, e ainda assim conta ver muitas balas passar ao lado antes da arma começar a tornar-se mais firme e a acertar no alvo. Não é aconselhado parar de disparar e voltar a disparar, sempre que reinicias o disparo, a sua eficácia também é reiniciada.

A DICE quer que as LMGs seja uma arma de supressão, devido aos seus grandes cartuchos e ao papel que a Classe Support desempenhará neste novo jogo.

As SMGs não têm poder à distância

Poderá ser algo já conhecido mas os jogadores de Battlefield 4 até podem ter algumas histórias diferentes para contar. Em Battlefield 1 não são tão boas quanto nesse jogo.

As SMGs são boas a curta distância. O rácio de dano desce imenso à distância e mesmo disparos intercalados não farão grande diferença a médio alcance.

Se estiveres a utilizar uma SMG, o melhor que podes fazer é concentrar no alvo que está mais perto de ti, e recorrer à pistola caso queiras tentar a sorte com alguém à distância.

Podes alterar a direcção do coice em algumas armas

Qualquer veterano de Battlefield sabe o que é preciso fazer para lidar com o coice da arma. Em Battlefield 1, todas as armas fogem para cima, forçando-te a lidar com o seu movimento em resposta.

No entanto, pela primeira vez na série, poderás mudar a direcção do coice. Meio, direita ou esquerda: estas são as opções e se optarem pela direita, por exemplo, a arma começará a fugir para a direita.

No PC, talvez faça sentido manter no meio, a maioria dos jogadores está habituada a puxar para baixo para compensar, no entanto, isto poderá ser diferente para os jogadores nas consolas. O uso dos analógicos varia de pessoa para pessoa, e será principalmente uma questão de gosto pessoal.

Não precisas carregar a seringa para ressuscitar alguém

A ferramenta que te permite ressuscitar companheiros em Battlefield 1 é uma seringa, e não precisas de a carregar para poderes ajudar os teus colegas.

Basta usá-la ao lado de um colega que tenha tombado, e estarás pronto. Ainda assim, terás de ter em conta que o seu alcance é limitado, terás de estar mesmo perto do alvo. Se existir algo entre ti e o teu companheiro, também poderá afectar esta habilidade.

Se quiseres, até podes usar a seringa para eliminar adversários.

Não existe a classe Engenheiro

Esta classe não estará presente em Battlefield 1, devido a alterações no sistema de classes da série, o que significa que os trabalhos do Engenheiro estão divididos por outras classes.

O mais aproximado é a Classe Assault. Pode equipar caçadeiras e SMGs, mas não repara veículos. Não é problema pois a nova Classe Vehicle pode fazer isso.

No entanto, a Assault é a melhor classe anti-armadura, graças à sua AT-Rocket, Granadas Anti-Tanque e Dinamite. Todas elas disponíveis desde o início, e mais tarde poderás desbloquear a Mina Anti-Tanque.

A Classe Suporte tem agora uma ferramenta de reparação, e também pode causar dano a armaduras com a sua Mina.

Familiariza-te com a nova Classe de Veículos (Tanker e Pilot)

A DICE decidiu que qualquer pessoa que nasce num veículo como condutor, se torna numa classe separada das restantes. É chamada a Classe Veículo, e surge em duas versões: Tanker e Pilot. A Tanker pode equipar uma arma principal, uma secundária, uma Granda Anti-Tanque, e uma ferramenta de reparação.

A Classe Pilot tem acesso às mesmas armas principais, a uma secundária diferente, a uma Flare Gun e uma ferramenta de reparação. Podes escolher entre uma de seis armas principais, mas o resto não pode ser personalizado.

Quando quiseres reparar o veículo, talvez o melhor seja fazê-lo do exterior, desta forma o processo não será interrompido quando disparam sobre ti, algo que acontece quando usas a reparação automática.

Encontra o ponto perfeito para as snipers

Muitas das armas furtivas em Battlefield 1 têm o seu ponto perfeito. Isto significa que existe um alcance a partir do qual a arma terá uma melhor performance. A essa distância, poderás derrubar adversários com um tiro no corpo, o que é fantástico para os atiradores furtivos que preferem jogar à distância.

É preciso tempo, e terás de descobrir a distância perfeita para cada uma destas armas, algo que o jogo não te indica. Quanto mais distante do ponto perfeito, menos dano irás causar.

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários