FIFA 17 PS3 e Xbox 360 gera a ira dos jogadores devido à ausência do modo A Jornada

Clientes queixam-se de publicidade enganosa.

FIFA 17 é um dos jogos de maior sucesso da actualidade e apesar da grande maioria das vendas pertenceram às versões Xbox One, PlayStation 4 e PC, alguns clientes decidiram ficar-se pelas versões PlayStation 3 e Xbox 360. Duas das grandes novidades, o modo A Jornada e o uso do motor Frostbite, motivaram as pessoas a comprar o jogo, mas a sua ausência das consolas de anterior geração motivou muitas queixas de publicidade enganosa.

Olhando para lojas como a Amazon do Reino Unido, é fácil ver vários clientes que ficaram irritados quando pegaram no jogo e foram surpreendidos com a ausência das principais funcionalidades de FIFA 17 na Xbox 360 e PS3. Basta olhar para a página da versão Xbox 360 de FIFA 17 que se encontra repleta de análise de uma estrela de consumidores que se sentem enganados.

Os queixosos variam entre pessoas que compraram FIFA 17 para os seus filhos e até mesmo adultos que compraram o jogo para si, queixando-se da ausência do modo A Jornada e até da ausência do Frostbite 3. Muitos queixam-se que o jogo na PS3 e Xbox 360 está demasiado similar a FIFA 16 e não justifica o preço pedido.

1
2
3
4
5

Para perceber melhor a situação, olhamos para a página de FIFA 17 para a Xbox 360 na Amazon. Será que engana os consumidores? Não existe menção ao modo A Jornada, mas talvez seja melhor a Electronic Arts inserir uma notificação e avisar directamente que não está presente nesta versão.

8

O maior problema está na descrição do jogo, fornecida pela Electronic Arts, que refere o motor Frostbite, algo que não se encontra presente nas versões de anterior geração. Isto pode eventualmente representar problemas para a companhia que está a promover o produto com algo que não tem.

9

Ao olhar para as imagens de FIFA 17 para a Xbox 360 na Amazon, é possível encontrar imagens tiradas do modo A Jornada. Aqui vemos Alex Hunter, a estrela do modo, a menção ao modo Frostbite e ainda José Mourinho (convém não esquecer que os treinadores são uma novidade presente apenas nas versões de nova geração).

7

Depois da recente controvérsia em torno da publicidade enganosa e No Man's Sky, cuja autoridade responsável pelo controlo da publicidade no Reino Unido está ainda a investigar, a Electronic Arts poderá ter atraído para si desnecessárias atenções. Especialmente porque estamos a falar de um dos jogos mais desejados do ano e que será uma das prendas mais cobiçadas neste Natal.

Salta para os comentários (31)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

A Juventus é exclusiva do PES 2020

Será o único jogo com o nome do clube, o emblema e estádio.

PES 2020 - Demo chegará a 30 de Julho

Arsenal, FC Barcelona, Palmeiras, Flamengo e mais.

FIFA 18 - As melhores promessas e estrelas escondidas

Os jogadores melhores e com mais potencial com menos de 21 anos.

PES 2020 não terá o Liverpool licenciado

O contracto com a Konami terminou.

PES 2020 - Data de lançamento, Gameplay, Trailer - Tudo o que sabemos

O que esperar do novo simulador de futebol da Konami?

Comentários (31)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários