O produtor de Watch Dogs 2, Dominic Guay, falou em entrevista com o Evening Standard sobre o novo jogo, onde revelou mais alguns detalhes sobre o mesmo e confirmou o motivo pelo qual o primeiro jogo não conseguiu apresentar aquilo que mostraram pela primeira vez em 2012.

"Uma das coisas que me lembro, é que apresentámos Watch Dogs no Verão de 2012, antes de se conhecer o hardware das novas consolas," comentou Guay. "Fizemos uma previsão o melhor possível, e sempre que o fazemos, a nossa apresentação é feita tendo por base um PC muito potente," explicou.

O downgrade de Watch Dogs foi um dos temas mais polémicos após o seu lançamento. A Ubisoft já falou sobre o assunto no passado, onde garantiu ter aprendido com os erros, tentando mostrar sempre sequências jogáveis e não tendo por base demonstrações impressionantes.

De qualquer forma, segundo Guay, Watch Dogs 2 não sofrerá do mesmo problema.

"Para Watch Dogs 2 trabalhámos a base num contexto mais previsível. Temos estado a desenvolver o jogo a pensar nas plataformas actuais desde início," explicou. "O jogo usa uma versão evoluída da tecnologia do primeiro jogo, expandindo os gráficos de forma significativa. A baía de São Francisco oferecerá grandes efeitos atmosféricos. A luz é mais realista, mais detalhada e dinâmica," concluiu.

A primeira demo de Watch Dogs que encantou o mundo.

Publicidade

Jogos em destaque neste artigo

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.