Sony está confiante na expansão da PS Vita no Japão

Companhia não confirma se haverá uma sucessora.

Atsushi Morita, presidente da Sony Interactive Entertainment para o Japão e Ásia, falou em entrevista com o 4Gamer sobre a situação das suas consolas no Japão.

Sobre a PS Vita e a sua escassa presença na E3 2016, Morita contou que o mercado ocidental para a portátil não é muito grande. E uma vez que a E3 está focada no público norte-americano, o foco foi dado à PlayStation 4.

No entanto para o Japão a companhia aumentará os seus esforços, esperando que haja um aumento de utilizadores por entre as camadas mais jovens. Morita citou Minecraft, que é muito popular por entre os jovens. Ele acredita que o futuro da PS Vita passa por aumentar a base de utilizadores e de jogos para todas as idades.

Foi também questionado se a PS Vita terá uma sucessora, com Morita a dizer que neste momento não pode dar uma resposta.

"Penso que poderemos abrir o mercado. Há um grande espectro de audiência no Japão, que vai desde adultos a jovens, onde podemos crescer graças a Minecraft e Dragon Quest Builders," explicou ele.

Alguns meios de comunicação nipónicos falam sobre o lançamento do modelo PS Vita 3000, que foi registado no ano passado e que poderia incluir uma entrada HDMI.

Publicidade

Salta para os comentários (23)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (23)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários