Cory Balrog, o director do novo God of War, disse em entrevista com o Gamespot que ao contrário do que muitos pensam, este jogo não decorrerá na época dos vikings.

"Muita gente pensa automaticamente nos vikings quando pensam na cultura nórdica, mas o certo é que há uma pré-história surpreendente. A migração, e antes disso, a era da pré-migração," explicou Barlog.

"Na época dos vikings eles pensavam que os deuses lhes tinham abandonado. Thor, Loki e Odin caminharam sobre a Terra, mas já não estão lá. Os vikings lutavam por eles, mas os deuses não estavam lá. No jogo estaremos num determinado momento da pré-história nórdica, quando os deuses caminhavam sobre a Terra, quando os monstros eram reais, antes de se terem extinguido," assinalou ele.

"É muito divertido porque permite-nos pintar a nossa própria imagem da mitologia nórdica," acrescentou.

God of War vai mudar-se da mitologia grega para a nórdica e será lançado em exclusivo na PlayStation 4. Os produtores promete uma reinvenção da saga como sequela argumental, mudando quase todas as mecânicas de jogo e o estilo da sua narrativa.

Publicidade

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.