David Cage revela a longevidade de Detroit: Become Human

Haverá muitas razões para voltar a jogar depois de acabar a primeira vez.

Numa entrevista com o IGN, David Cage disse que Detroit: Become Human deverá ter uma longevidade de 8 a 10 horas, tal como Heavy Rain e Beyond: Two Souls, no entanto ele acrescentou que haverá muitas razões para voltar a pegar no jogo assim que o terminarem uma primeira vez.

Cage recomenda que na primeira vez os jogadores vivam com as consequências das suas escolhas, antes de voltarem a jogar e tentar outras possibilidades.

"Este jogo é muito mais flexível do que qualquer outro jogo que já fizemos. Quisemos subir a fasquia em quase tudo neste jogo desde os visuais, até à narrativa ramificada."

Por exemplo, a primeira cena do jogo tem seis resultados diferentes cada um deles com as suas próprias consequências.

Cage falou sobre a morte dos personagens, dizendo que, "Não haverá 'game over' neste jogo. Se morreres com um personagem, está perdido". Ele referiu que para este jogo estão a usar um novo motor com o intuito de fazer brilhar a PS4

Detroit: Become Human é um exclusivo PlayStation 4 e a sua data de lançamento ainda não foi anunciada. Cage revelou que o jogo será lançado quando estiver pronto, o que poderá ser um indicativo de que não será lançado este ano.

Salta para os comentários (16)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Jogos da Capcom em promoção na Nintendo Switch

Resident Evil, Okami, Devil May Cry e mais.

Dying Light 2 está quase terminado

Mas Techland não revela a data de lançamento.

Mais de 10 milhões de pessoas descarregaram as ofertas Play at Home

Uncharted: Nathan Drake Collection e Journey foram oferecidos em Abril pela Sony.

Também no site...

Comentários (16)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários