Lionhead queria fazer um Fable 4 para adultos

Mas a Microsoft descartou a ideia em prol de Fable Legends.

John McCormack, antigo director de arte da Lionhead Studios, revelou que o estúdio queria fazer um Fable 4 mais escuro e mais adulto que os jogos anteriores da série.

McCormack comentou que este jogo seria inspirado nos relatos de Júlio Verne durante a época da Inglaterra Vitoriana, pelo que Bowerstone, a cidade principal da série, seria uma espécie de Londres com Jack o Estripador a semear o terror nas ruas, embora também fossem incluídos vários elementos mitológicos da ficção britânica como Doctor Jekyll e Mr Hyde.

De facto a equipa queria um jogo que tivesse uma classificação só para adultos, permitindo-lhes incluir coisas como prostitutas e um humor com um palavreado mais pesado.

No entanto a Microsoft não gostou da ideia, algo que não agradou a Lionhead e provocou a saída de McCormack para fundar a Another Place Production.

McCormack contou que a Microsoft achava que a Lionhead não conseguiria captar mais jogadores com os seus RPGs e que deviam apostar num jogo multijogador free-to-play, e ele era contra essa ideia, McCormack achava que com o tempo adequado e o dinheiro necessário conseguiriam fazer um jogo do mesmo calibre de Mass Effect ou Skyrim.

"A maior punhalada no coração foi que ao longo de seis anos o estúdio teve que desenvolver jogos que a Microsoft queria usar para apresentar as suas tecnologias," disse uma fonte anónima ao Eurogamer britânico. "Muito poucas pessoas queriam fazer Fable: The Journey e quase ninguém queria trabalhar em Fable Legends."

"Parecia o momento certo para finalmente fazer a Lionhead 2.0 e criar Fable 4, o jogo que toda a gente queria jogar e fazer," isto em relação ao momento em que Legends estava quase a entrar na fase de beta aberta, o que levou os funcionários do estúdio a pensar que finalmente poderiam fazer Fable 4 após o seu lançamento, no entanto como bem sabem a Microsoft cancelou o projecto e acabou por encerrar este estúdio.

Publicidade

Salta para os comentários (13)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (13)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários