Criador de Wipeout quer recuperar os direitos da série

Nick Burcombe quer fazer uma sequela.

Nick Burcombe, um dos criadores de Wipeout, contou, em entrevista com o MCV, que gostaria de fazer uma nova sequela da famosa série de corridas futuristas.

Burcombe abriu a possibilidade de desenvolver um projecto em forma de sucessor espiritual da série, mas o que gostaria mesmo de fazer era desenvolver uma verdadeira sequela de Wipeout, no entanto os direitos da marca pertencem à Sony. "Se o meu último projecto, Table Top Racing: World Tour tiver sucesso, eu sei que poderia contar com uma equipa para fazer o jogo," declarou.

O produtor abriu a porta até a plataformas de crowdfunding, como o Kikcstarter, para ajudar a financiar o projecto.

"Primeiro teria que averiguar se existe publico para um novo Wipeout. Mas gostaria que os jogadores, neste hipotético jogo, pudessem criar as suas próprias pistas, reinventando o conceito do jogo," contou. "Se houver procura e interesse, gostaria muito de fazer este jogo. Mas como estão as coisas, sem a marca Wipeout - duvido que a Sony queira desfazer-se dela - tudo está dependente da aprovação da Sony."

Wipeout, desenvolvido pela extinta Psygnosis, foi lançado em 1995 como um dos títulos de lançamento da PSone. Na época foi considerado um jogo revolucionário ao combinar alta velocidade, com uma jogabilidade fluída, e gráficos em 3D.

Salta para os comentários (13)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Epic já perdeu mais de 380 milhões de euros com a sua Epic Games Store

Investimento a longo prazo significa fundos perdidos.

Outriders review - lootstorm

Ação frenética e repetitiva, mas agora com loot.

Rumor: PlayStation prepara resposta ao Xbox Game Pass

Quer reagir à popularidade do serviço da Microsoft.

Também no site...

Comentários (13)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários