Final Fantasy VII Remake poderá incluir áreas e personagens dos spin-off

Equipa de produção quer surpreender os fãs.

Um projecto como Final Fantasy VII Remake poderá ser uma faca de dois bicos para a Square Enix e agradar a todos os fãs do sétimo jogo da série não será tarefa fácil.

Em entrevista com a revista Game Informer, Yoshinori Kitase, revelou várias características do remake que vão desde o enredo até às novidades que serão introduzidas no que diz respeito ao gameplay e estrutura do jogo.

Como já sabíamos, comparado com Final Fantasy XIII, Final Fantasy VII Remake será equivalente ou maior no que diz respeito ao tamanho. Cada capítulo será do tamanho de um RPG completo.

A quantidade de episódios já está pensada, mas neste momento a equipa não pode falar sobre o assunto. Sabe-se que as histórias ainda estão em desenvolvimento e que por isso algumas coisas poderão mudar.

Kitase referiu que poderão usar algumas personagens e cenários de spin-off como Crisis Core, Dirge of Cerebrus, Before Crisis, livros e filme Advent Children. A equipa vai tentar integrá-los no remake e dar uma nuance a essas outras histórias. Uma vez que é difícil abranger tudo o que se passou neste universo, Kitase explicou que alguns personagens menos famosos não marcarão presença.

No que diz respeito ao gameplay, foi dito que o remake será baseado no mesmo esquema de acção dos Dissidia. Não será igual, mas o aspecto gráfico e forma de jogar será parecida.

No que toca a mudanças em relação ao original, foi dito que, "Tenho a certeza que há áreas que os fãs vão querer ver como as mudamos, e outras áreas que eles não querem ver mudanças. As opiniões dos nossos fãs estão provavelmente divididas em vários desses pontos, decidir entre mantermo-nos fieis ou mudar é algo que esperamos compreender comunicando com os nossos fãs. Também queremos entender as suas preocupações, queremos que fiquem entusiasmados com a história e ver como podemos renová-la e revigorá-la".

"Se fosse apenas nostalgia, seria uma questão de seguirmos apenas a história e não haveria surpresas. Neste sentido queremos um equilíbrio entre áreas que gostaríamos de mudar contra áreas que não queremos mudar para ter essa nostalgia, mas também surpresas," acrescentou.

Quanto à equipa que faz parte do projecto estão nomes como Kitase, Nomura e Nijima. Todos trabalharam no original e não acreditam que o mesmo seja intocável. "Não digo que devemos mudar tudo, claro que na Square Enix e em todo o mundo há quem pense que o original é sagrado, que não se pode alterar. Mas confiamos num equilíbrio entre as novas partes e aquilo que é necessário proteger."

Salta para os comentários (20)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Mais um vídeo de Returnal

11 coisas que tens de saber sobre o exclusivo PS5.

Castlevania Season 4 estreará em Maio e será a última

Mas a Netflix explorará este universo em novas séries.

Comentários (20)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários