PlayStation VR poderá ser o único dispositivo de Realidade Virtual a apelar às massas

Agência acredita que o número de PS4 vendidas e o know-how da Sony poderão fazer diferença.

De acordo com a agência de análise mercado DFC, o PlayStation VR será o único capacete de realidade virtual capaz de ser um sucesso por entre as massas a nível comercial.

A agência acredita que o dispositivo, que chegará em Outubro a um preço de €399, poderá ter potencial suficiente para tornar a marca PlayStation num baluarte da tecnologia de Realidade Virtual, devolvendo à consola a época dourada da PlayStation 2 no que diz respeito à hegemonia comercial.

"A Sony tem feito muito bem com o PlayStation VR. Continuamos a falar de um hardware caro, mas comparado com outros sistema de realidade virtual a Sony tem em seu poder o único dispositivo que pode chegar a atrair os consumidores," disse a DFC.

O número de consolas PlayStation 4 vendidas, e o ruído mediático gerado pelos sites especializados, poderão ser importantes para impulsionar as vendas do capacete da companhia japonesa. "Pelo menos acreditamos que a opção de poder usar um dispositivo de realidade virtual tendo a consola, ajudará a cimentar a Sony a ser líder de um novo mercado nesta geração de consolas."

Por fim a agência esclarece que a tecnologia, apesar de ser interessante para um grande número de clientes e jogadores, não é fácil de vender.

"A realidade virtual precisa de uma experiência física por parte do utilizador, e para isso é necessário expositores nas lojas. Sobre isso a Sony durante estes anos tem trabalhado muito bem, e dada a sua habilidade com a publicidade e marketing, isso será uma grande vantagem em relação à concorrência."

Publicidade

Salta para os comentários (14)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (14)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários