Quantum Break no PC irá unir os jogadores

Microsoft responde ao desdenho dos fãs.

Quando a Microsoft anunciou que Quantum Break não mais seria um exclusivo Xbox One, um dos seus mais importantes neste início de 2016, e seria lançado no mesmo dia no PC, os fãs reagiram com desdenho mas a companhia explica que não o fez pelas vendas, antes sim pela união dos jogadores.

Aaron Greenberg da Microsoft, disse que esta estratégia de cross-platform entre PC e consola serve para unificar as duas plataformas, tudo para aproximar os jogadores uns dos outros e quebrar barreiras. "Para nós, o importante são os jogos. Isto serve para colocar os jogadores no centro."

Apesar das explicações e motivos por parte da Microsoft, muitos jogadores com uma Xbox One sentiram-se traídos pois um dos factores mais importantes na compra de uma plataforma são os exclusivos que ela irá receber. Greenberg explicou que não havia forma de avisar os consumidores pois foi uma decisão feita na hora e prontamente comunicada.

Isto faz parte dos planos da Microsoft que pretende reforçar a sua posição na luta contra a Sony unificando as duas plataformas, colocando os jogos no PC e na Xbox One. Questionado sobre se a consola irá perder todos os seus exclusivos, Greenberg explicou que continuará a receber exclusivos, para oferecer inovação e qualidade ao seu ecossistema.

Quantum Break é a nova propriedade intelectual da Remedy Entertainment e dia 5 de Abril estará no PC e Xbox One.

Publicidade

Salta para os comentários (47)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (47)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários