King of Fighters XIV na PS4 devido às boas vendas da consola

SNK explica porque se voltou a focar nos videojogos.

A SNK surpreendeu o mundo quando revelou que se iria dedicar ao negócio das Pachinko, o que fez com que fosse ainda mais surpreendente assistir à revelação de King of Fighters XIV para a PlayStation 4.

Para explicar porque é que a companhia decidiu recuar na sua mudança de estratégia, Yutaka Noguchi, presidente da SNK Playmore, falou com a Famitsu sobre o passado recente, o presente e ainda um pouco sobre o futuro, revelando porque é que as pachinko vão ficar de lado, ao contrário do que estava previsto.

Segundo Noguchi, a SNK teve que desistir do negócio das Pachinko devido a mudanças nas legislações Japonesas para o Pachislot, forçando diversas mudança nas regras para novas máquinas. Assim sendo, a companhia decidiu regressar aos videojogos e aproveitar que o seu nome ainda é conhecido nesta indústria.

Neste regresso ao mercado das consolas dedicadas, Noguchi explicou que a PlayStation 4 foi escolhida como foco da companhia devido às elevadas vendas da plataforma, a nível mundial. A SNK está a desenvolver o novo King of Fighters mas ficou a promessa que a consola da Sony irá receber mais jogos das famosas propriedades intelectuais da companhia.

A SNK Playmore é dona de mais de 200 propriedades intelectuais, entre elas Metal Slug, Fatal Fury e Art of Fighting, o que ajudou a companhia a regressar aos videojogos. Isso e o sucesso no mercado mobile.

King of Fighters XIV é o primeiro jogo da SNK desde que regressou aos videojogos e ficaremos à espera de mais.

Salta para os comentários (17)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Cole Cassidy é o novo nome de McCree de Overwatch

Efeitos do processo legal que a Activision enfrenta.

Jogos Project Zero poderão receber mais remasters

Koei Tecmo ficou surpresa com as reações.

Netflix não comprará estúdios de jogos a torto e a direito

Estará atenta a oportunidades que façam sentido.

Abertas as reservas para Cotton 100% e Panorama Cotton

Strictly Limited Games e ININ Games celebram 30 anos da série.

Comentários (17)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários