Merceron: Têm de acreditar em Hideo Kojima

Responsável pelo Fox Engine deu a sua opinião sobre a ruptura entre Kojima e Konami.

A ruptura entre a Konami e Kojima foi sem dúvida um dos acontecimentos mais marcantes do ano. A companhia nipónica perdeu provavelmente um dos seus melhores homens e para o bem ou para o mal a Konami nunca mais será a mesma.

Kojima por outro lado agora vai concentrar-se em diferentes projectos e ter mais liberdade de expressão. Mas o que é que acham alguns peritos sobre este assunto? Julien Merceron, antigo responsável pelo motor Fox Engine da Konami que se juntou recentemente à Bandai Namco, deu a sua opinião.

Merceron salientou que o sucesso de Metal Gear Solid V lhe ensinou uma lição: é preciso acreditar em Hideo Kojima. A Konami cometeu um erro. Um jogo é muito caro e o desenvolvimento leva anos e por isso é importante ter confiança. Todos os produtores confiavam em Kojima e apoiavam-no, ao mesmo tempo, Kojima acreditava na sua equipa e o resultado foi um jogo que deu os seus frutos sendo muito bem recebido pela critica e público.

Merceron salientou que os produtores japoneses podem ser muito bem sucedidos sem estarem dependentes do mercado mobile. Poderá haver equilíbrio entre os jogos mobile e as grandes produções, e The Phantom Pain é a prova disso.

O antigo director de tecnologia da Konami falou também das dificuldades da equipa durante os meses seguintes aos primeiros conflitos entre a Konami e Kojima, sublinhando que o produtor nunca mudou a sua atitude e que sempre deu o máximo apesar dos muitos problemas.

A equipa esperava que se o jogo fosse bem sucedido poderia fazer com que a Konami mudasse de ideias e que assim pudessem todos trabalhar no Metal Gear seguinte.

Merceron contou que esperava que pudesse trabalhar com Kojima na Konami durante os próximos anos, e não só em Metal Gear como também noutros jogos. Ele tinha a esperança de reviver Silent Hill. A Konami poderá colocar outras pessoas no lugar de Kojima, mas, segundo Merceron, já não será a mesma coisa. Foi ele que convenceu Merceron a entrar na companhia, por isso não podia estar na Konami depois do criador de Metal Gear Solid ter saído.

Publicidade

Salta para os comentários (28)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (28)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários