Vendas de Star Wars: Battlefront, Halo 5 e Assassin's Creed: Syndicate estão abaixo das espectactivas

Isto segundo o CEO das lojas GameStop.

2015 está a tornar-se num grande ano para a indústria dos videojogos e para os jogadores. A quantidade de jogos lançados até agora tem sido espectacular, no entanto parece que nem tudo está a correr como o esperado nas lojas.

Tony Bartel, CEO da GameStop, a maior cadeia norte-americana de venda de videojogos, reconheceu que as vendas de Star Wars: Battlefront, Halo 5: Guardians e Assassin's Creed: Syndicate não estiveram à altura do que a companhia esperava.

Sobre o novo shooter da DICE, Bartel comentou que, "Tínhamos grandes expectativas nele. As expectativas foram diminuindo à medida que se aproximava o seu lançamento, e falhou de todo nas nossas marcas". Sobre Halo 5: Guardians Bartel tem uma teoria: as vendas que não foram feitas nas lojas foram feitas em território online. Comentou que outros títulos estão numa situação semelhantes e desafiou a Microsoft a dar a conhecer ao público quais são os dados reais das vendas físicas e digitais.

Sobre Assassin's Creed Syndicate Bartel não se quis alongar muito, já em relação a Fallout 4 e Call of Duty: Black Ops 3 disse que as vendas de ambos estão dentro do esperado pela companhia.

Publicidade

Salta para os comentários (28)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (28)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários