Metal Gear Solid V custou mais de $80 milhões a fazer?

Jornal Japonês fala em ambiente tóxico na Konami.

Segundo um artigo do Nikkei, jornal Japonês, Metal Gear Solid V custou mais de $80 milhões a ser desenvolvido, o que poderá ter deixado a Konami muito desagradada com a situação.

De acordo com o Nikkei, tais números foram registados em Abril por isso devem ter aumentado e segundo é avançado, foi o adiamento do jogo que tirou Hideo Kojima do pedestal para a empresa que lhe paga os ordenados.

Mas o artigo vai mais longe e fala de um ambiente tóxico dentro da Konami que poderá deixar muitos incrédulos. Não sabemos se não estaremos perante possíveis erros na tradução mas segundo comunicado, o jornal avança que vários trabalhadores da Konami estão a ser forçados a escolher entre trabalhar como seguranças ou serem despedidos.

Quando Dragon Collection foi lançado para mobile e deu à Konami muito lucro graças ao orçamento relativamente baixo, a empresa começou a encantar-se com o formato mobile e a forçar regras muito duras aos funcionários.

Tempos de almoço controlados de forma minuciosa e o desencanto de Kagemasa Kozuki, presidente, com os altos custos dos jogos nas consolas dedicadas fizeram com que os funcionários perdessem o gosto e o financiamento. Caso do produtor de Love Plus que foi embora e o desenvolvimento nas séries Tokimeki Memorial e Suikoden pararam.

Os funcionários na Konami agora escolhem trabalhos completamente irrelevantes, como limpar piscinas ou servir às mesas, ou então são despedidos.

Publicidade

Salta para os comentários (32)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (32)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários