Jogador profissional de Counter-Strike admitiu doping nos eSports

Contou que todos tomaram droga para estimular a concentração.

Kory "Semphis" Friesen, um jogador profissional de Counter-Strike: Global Offensive, revelou que todos os participantes dos eventos eSports tomam doping.

Numa entrevista com o canal do YouTube, Launders CStrike, Friesen admitiu que era evidente que os jogadores estavam dopados quando escutavam as comunicações da sua equipa. Friesen referiu-se em concreto a um evento ESL que foi realizado na Polónia.

"Todos tínhamos tomado Adderall. Não quero saber. Era bastante óbvio se escutasses o chat. As pessoas podem odiar-me, tanto faz".

Adderall é uma droga psico-estimulante utilizada no tratamento do transtorno de hiperactividade com défice de atenção. É tomada para melhorar a concentração de uma pessoa durante longos períodos de tempo.

Neste momento não existe regulamento para este tipo de dopping nos desportos electrónicos, no entanto depois desta revelação as coisas podem mudar.

Publicidade

Salta para os comentários (18)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

PS5 - Lançamento, jogos, preço e especificações

Actualizado com as informações mais recentes.

Números fracos mostram que Bleeding Edge não conquistou os jogadores

Apenas 3 transmissões e 7 espectadores no Mixer.

Google Stadia está gratuito durante 2 meses

Joga Destiny 2, GRID, Serious Sam e outros jogos.

Também no site...

Comentários (18)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários