1 - Cresceu com os videojogos na mente e no coração:

Satoru Iwata parece ter já nascido com uma mente brilhante cujo coração pertencia aos videojogos. Talvez muito antes de qualquer um visionar os videojogos como são, Iwata San já pensava em criar experiências que pudessem ser jogadas por todos. A tal ideia de que um videojogo deveria ser simplesmente algo divertido para todos parece ter acompanhado o homem da Nintendo desde os seus tempos de criança. Nascido em 1959 em Sapporo, no Japão, já nos tempos de liceu o jovem Iwata adorava criar jogos electrónicos em casa, que usavam uma calculadora electrónica, para partilhar com os seus amigos.

A sua engenhosa mente garantiu-lhe um lugar no Tokyo Institute of Technology onde se formou em Computação Científica. As suas capacidades e o seu amor pelos videojogos ditaram que haveria de entrar para o HAL Laboratory, estúdio que pertencia à Nintendo. Após ajudar na criação de vários jogos, foi em 1990 que trabalhou pela primeira vez como Produtor num jogo chamado Rollerball para a Nintendo Entertainment System, ou NES como a maioria conhece. Foi então em 1991 que trabalhou no seu primeiro jogo para a Nintendo: NES Open Tournament Golf.

Provando que antes de um líder era um programador fascinado por videojogos, o talento na programação de Iwata estendeu-se ainda a jogos como Balloon Fight ou Earthbound. Este segundo é mais um dos grandes feitos de Satoru Iwara e uma incrível contribuição que deu à nossa indústria. Isto porque se não fosse a sua participação, o jogo provavelmente jamais teria sido terminado e ficaria perdido para todo o sempre uma das mais emblemáticas propriedades intelectuais exclusivas das consolas Nintendo. Qualquer um que tenha acompanhado os Nintendo World Championships 2015 em Los Angeles saberá o valor de Earthbound.

A popular sequela de Morther, conhecida como Earthbound fora do Japão, é uma das histórias mais fantásticas contadas pelos mais acérrimos fãs da Nintendo que pesquisam tudo sobre o passado da companhia. Reza a lenda que depois de cinco anos em desenvolvimento, o jogo de Shigesato Itoi poderia nem sequer ver a luz do dia, algo que chegou a acontecer na SNES em 1994. Inicialmente estava previsto para 1993 mas os problemas constantes ameaçam o jogo até que Iwata chegou. A tarefa não foi fácil, pelo contrário, pois os seus dotes de programador foram usados para programar Earthbound do início.

Segundo relatos, o desenvolvimento de Earthbound tornou-se numa tamanha trapalhada que Iwata teve que pegar no código e trabalhar como se nada tivesse sido feito. Ao invés de virar costas ao desafio, Iwata ajudou Shigesato Itoi a realizar a sua visão para criar um dos mais emblemáticos jogos lançados na SNES. Esta é sem dúvida uma das mais deliciosas contribuições de Satoru Iwata para a família Nintendo e um dos exemplos do carácter de Iwata San que os fãs jamais esquecerão.

2
Iwata ao lado de Itoi. Graças a eles Earthbound viu a luz do dia.

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão

Comentários (24)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

God of War celebrado pela indústria

Microsoft e vários estúdios assinalam a chegada do jogo.

Dead Rising 4 no Humble Monthly

Um dos jogos de Maio.

Director de Hearthstone deixa a Blizzard

Vai procurar novas aventuras.

Últimas

God of War celebrado pela indústria

Microsoft e vários estúdios assinalam a chegada do jogo.

Dead Rising 4 no Humble Monthly

Um dos jogos de Maio.

Director de Hearthstone deixa a Blizzard

Vai procurar novas aventuras.

Publicidade