Frank O' Connor fala sobre problemas de performance em Halo 5

Apontados inicialmente pelo Digital Foundry.

Esta semana o Digital Foundry investigou o trabalho que o 343 Industries efectuou em Halo 5 para apresentar na E3 2015 e destacou alguns problemas de performance que deixaram os fãs intrigados.

Frank O' Connor, director de desenvolvimento no jogo, comentou o artigo que referia problemas na performance em cenas de grande acção. O Digital Foundry disse que somente nos momentos mais calmos é que a versão E3 conseguia alcançar um rácio de fotogramas estável. O' Connor disse que o rácio de fotogramas é o mais importante e que toda a simulação no jogo depende desse rácio.

Depois da perda do modo em ecrã dividido, os fãs ficam agora preocupados que a desculpa de chegar aos 60fps possa não ser tão válida quanto o estúdio gostaria. Algo que fez com que questionassem o director do jogo.

"O jogo sai a 27 de Outubro, decide POR TI se gostas do que vês," disse O'Connor a um fã que perguntou se o rácio de fotogramas seria corrigido ou se o jogo podia ser adiado para optimização.

O tom irritado do membro do 343i continuou quando respondeu que "uma demo E3 não é um jogo terminado". Perante a insistência dos fãs que o modo em ecrã dividido foi descartado para chegar aos 60fps mas ainda assim o jogo vai para os 42FPS em alguns momentos, O'Connor explicou que o que vimos na E3 ainda está em desenvolvimento.

Salta para os comentários (11)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (11)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários