Sony estava preocupada por Horizon: Zero Dawn ter uma protagonista feminina

Yoshida contou que o jogo era o grande anúncio da conferência da companhia.

A Sony estava preocupada com a sua a nova PI da Guerilla Games, Horizon: Zero Dawn. Shuhei Yoshida, presidente dos Worldwide Studios da Sony, tinha decidido, segundo o Polygon, que Horizon seria o maior anúncio que ele faria na E3 2015.

Mas um anúncio desta envergadura estava a preocupar Yoshida, porque a protagonista do jogo é uma mulher.

"Eu estava nervoso com as reações do público," disse ele, "a visão da equipa tem sido sempre a de uma protagonista feminina, mas nós tivemos algumas discussões. Seria arriscado ter uma protagonista feminina?"

"A preocupação surgiu depois do jogo estar em desenvolvimento," contou ele. "Começámos a mostrar o jogo internamente a cada vez mais pessoas e elas tinham questões sobre o mesmo. Por isso trabalhámos com os nossos grupos de marketing para fazerem testes de foco."

"Queríamos saber a reacção das pessoas ao facto do jogo ser um RPG em mundo aberto, do enquadramento das máquinas versus armas primitivas e da protagonista ser uma jovem mulher," continuou.

Apesar de na altura a reacção das pessoas ter sido muito positiva, Yoshida continuava nervoso com a apresentação do jogo pela primeira vez ao mundo.

"Os testes de foco foram positivos e isso tranquilizou-nos, mas foi uma pequena amostra. Olhando agora para a nossa conferência e para as outras, muitas equipas estão a criar protagonistas femininas. Como em Assassin's Creed ou o regresso de Mirror's Edge."

"Sinto-me bem por existir mais diversidade neste tipo de mundo e de personagens que estamos a fazer como indústria. Acredito que devemos continuar a fazer esforços para ter mais mulheres a trabalhar nos estúdios para termos perspectivas diferentes," disse ele. "Os jogos tornaram-se cada vez mais populares em termos de quem os joga, principalmente no mobile. Temos uma oportunidade de ampliar isso, do ponto de vista da PlayStation, para um público maior e mais diverso. Para conseguirmos isso, os jogos que criamos têm de apelar a um público mais amplo."

Salta para os comentários (49)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (49)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários