CEO da Remedy deixa o estúdio

Matias Myllyrinne junta-se à Wargaming.

a

Matias Myllyrinne, CEO da Remedy Entertainment, renunciou o seu cargo e agora vai juntar-se à equipa da Wargaming.

Após 15 anos no estúdio que nos trouxe jogos como Max Payne e Alan Wake, Myllyrinne decidiu sair agora para juntar-se à equipa que trabalha em World of Tanks.

Myllyrinne deu as boas novas através da sua conta oficial do Twitter. O agora antigo CEO do estúdio teceu largos elogios à Remedy e contou que o próximo jogo, Quantum Break, está a ficar com um aspecto sensacional.

A Remedy aos poucos está a perder elementos importantes. Nos últimos meses saíram Kai Auvinen, produtor executivo, e Oskari Hakkinen, líder de desenvolvimento das famosas franquias do estúdio. Agora chegou a vez de Matias Myllyrinne.

Salta para os comentários (8)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Streamers de Dead by Daylight alvos de ataques DDoS

Alguns foram abordados pela polícia em direto.

Diretor de Resident Evil Village ainda não sabe qual o futuro da série

Quer quebrar com clichés e entregar uma nova experiência de horror.

Também no site...

Crash origina remoção de modo em Call of Duty: Vanguard nas consolas Xbox Series

Sledgehammer investiga causas por detrás dos problemas com Champion Hill.

Call of Duty: Vanguard em promoção em todas as plataformas

Activision tenta recuperar das baixas vendas iniciais.

Cyberpunk 2077 terá versões PS5 e Xbox Series antes de abril de 2022

The Witcher 3 terá versão de atual geração na primavera de 2022.

Comentários (8)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários