Dark Souls 2 PlayStation 4 vs PC

Digital Foundry compara ainda PS3 vs PS4.

A versão PlayStation 4 de Dark Souls 2 poderá ser a melhor forma de revisitar Dangleic nas consolas - um verdadeiro jogo a 1080p adornado com muitas melhorias visuais. No entanto, também está a caminho do PC com muitas das melhorias vistas na PS4. Com equipamento mais poderoso, poderá ser a versão definitiva mas no PC já temos 1080p60 e mais, é necessário uma melhoria?

O Digital Foundry tentou descobrir e foi para Heide's Towering Flame e No-Man's Wharf de forma a comparar o original para PC, com tudo no máximo sem mods, contra a versão Scholar of the First Sin na PS4. O posicionamento dos inimigos parece ser a maior diferença. Entre os gigantes em Heide's Tower of Flame temos novos inimigos e temos também um novo wyvern gigante perto da ponte.

É um desafio maior para o jogador e equipamento. Maior densidade de inimigos e uma IA alterada criam uma experiência mais imprevisível na PS4 quando comparada com o jogo PS3 e Xbox 360.

Os inimigos são mais persistentes e num local até ficam 12 na PS4 ao invés de 4 na PS3. Certamente puxará mais pelos GPUs na versão PC, apesar da PS4 aguentar bem, apenas algumas quedas para meios 50fps. Depois do excelente trabalho do modder Durante na versão PC, ficamos surpreendidos ao ver que a equipa no From Software decidiu implementar a sua versão de algumas destas funcionalidades em Scholar of the First Sin.

As sombras e iluminação foram melhoradas. As texturas e geometria PS4 são iguais às do original PC no máximo. No entanto, devido ao esquema de iluminação físico do jogo, muitas superfícies parecem transformadas. Áreas maiores como Heide's Tower of Flame são mais claras e os detalhes nas texturas beneficiam com mais contraste.

Além disso, efeitos como rastos de almas, bombas que explodem e feitiços iluminam o ambiente em redor na PS4. É difícil reconhecer o mapa de texturas original mas o detalhe pixel é sempre igual quando visto à lupa. É um efeito lindo - que marca o teu impacto no mundo quando lutas. Oclusão ambiental está muito melhor pois temos uma solução refinada em Scholar of the First Sin, todas as piscinas de sombras misturam-se suavemente com o que está ao seu redor.

Os artefactos a piscar desapareceram - bom sinal para a eventual versão revista para PC. Pelo contra, os personagens ainda produzem silhuetas nada naturais, o que ao lado de um efeito auréola, sugere uma abordagem screen-based. No todo é uma melhoria e possível sinal que o estúdio está atento aos esforços da comunidade.

A versão PS4 leva ao extremo o filtro de texturas, usando o método anisotropic mais elevado do PC. Mas pelo que vimos, a nova versão não faz grande uso do pixel crawl nos shaders de água ou relva. Temos algo igual à AA pós-processamento do PC na PS4, não abordando o piscar temporal ao passar por estes elementos.

O campo de profundidade foi alterado, o que é bom, e temos um efeito personalizado que distorce ligeiramente pontos de luz desfocados. É subtil mas recria as características da lente de uma câmara quando as fogueiras estão no fundo. Pelo que vimos até agora, a versão PS4 abre caminho para uma soberba melhoria no PC. Olhando para as mudanças na iluminação, sombras, efeitos e campo de profundidade, esperamos ver mais opções gráficas na versão DX11.

A Bandai Namco ainda não comentou como esta versão irá afectar os que desfrutarem de melhorias técnicas e ajustes na performance sem custos extra. Uma coisa é clara: para os fãs de Dark Souls 2, os ajustes visuais e novos inimigos fazem com que seja difícil de perder este jogo. A avaliar pelas áreas vistas, é uma actualização que brilha ao brincar com as expectativas dos novatos - algo atractivo para os que querem jogar uma segunda vez, desde que tenha o preço certo.

Salta para os comentários (13)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (13)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários