Um utilizador dos fóruns da CD Projekt RED, publicou uma lista com detalhes interessantes sobre The Witcher 3: Wild Hunt.

Podem ler os detalhes em baixo:

  • Existem muitas armas diferentes para apanhar, muitas delas estão desbloqueadas em níveis mais elevados.
  • As armas, incluindo espadas, não permanecerão para sempre e podem ser destruídas se utilizadas com muita frequência ou força. Vai ser necessário visitar com regularidade um artesão para mantê-las em bom estado.
  • O HUD é extremamente personalizável. Muitas opções estão disponíveis, incluindo a capacidade de remover o mini-mapa e todas as notificações.
  • Todas as configurações gráficas estão presentes no menu do jogo.
  • A árvore de habilidades é enorme. Há quatro ou cinco árvores, cada qual tem cinco níveis divididos em cinco habilidades. Cada habilidade tem três ou quatro níveis para desbloquear. Apesar de Geralt ganhar muitos pontos de habilidade para cada nível do jogo, será praticamente impossível desbloquear tudo
  • Habilidades: depois de terem sido desbloqueadas, terão de ser activadas.
  • As habilidades activadas mudam o estilo de luta de Geralt e permitem uma série de habilidades na mesma categoria que irá aumentar o seu efeito global.
  • O jogo é bastante difícil, e se não forem cuidadosos poderão morrer várias vezes até no nível mais fácil.
  • O tempo será dinâmico. Terá neve, e haverá vários momentos do ciclo dia/noite com diferentes intensidades de nuvens, tempestades, e diferentes tipos de chuva e neblina.
  • A IA dos inimigos é muito boa. Os lobos e os bandidos tentam fechar todas as rotas de fuga de Geralt. Matar o seu líder irá desorganiza-los completamente. Um inimigo pode servir de isco para oferecer ao resto da equipa uma oportunidade para encurralar Geralt.
  • Os modelos dos NPCs são bastante variados.

The Witcher 3: Wild Hunt, tem lançamento agendado para o dia 19 de maio no PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Publicidade

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Mais artigos pelo Luís Alves