Criadores de Shadow of Mordor reconheceram que tiveram que cortar muitas coisas no jogo

Monolith contou que foram demasiado ambiciosos.

A Monolith Productions lançou no ano passado Middle-earth: Shadow of Mordor, um dos jogos mais badalados de 2014, no entanto a equipa reconheceu que inicialmente queriam oferecer um jogo muito mais ambicioso.

"Durante a pré-produção não medimos bem a nossa capacidade de produção," explicou Michael de Plater, em entrevista com o Gamasutra. "Isso levou a que as especificações do jogo fossem demasiado ambiciosas, e assim que começámos a ter uma imagem mais nítida da realidade tivemos que fazer grandes e dolorosos cortes."

"Isso criou uma dor dupla; primeiro havia o trabalho perdido em características que tivemos que descartar. E segundo criámos uma quantidade significativa de novo trabalho para substituir as características descartadas ou conteúdos que incluíam grandes áreas selvagens e criaturas épicas."

Salta para os comentários (16)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (16)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários