Digital Foundry: Análise à beta de Halo 5

Está a 343 Industries no caminho certo em oferecer um verdadeiro salto geracional?

Inaugurando o novo ano, a beta de Halo 5: Guardians abre as portas para a 343 Industries reescrever o motor na Xbox One, os seus servidores dedicados e a sua reprodução completa a 60fps. A demo que durou três semanas é muito aditiva como é, mesmo com meses de desenvolvimento restantes, mostra um jogo que ainda é reconhecidamente halo no seu núcleo. Mas ter as oportunidades oferecidas pelo hardware da Xbox One afetou o equilíbrio da jogabilidade em comparação com os jogos anteriores - ou isso é tudo apenas sobre a superfície?

A rotação dos mapas está agora na sua segunda fase, deixando para trás os mapas industrial Empire e Truth (com base na Midship popular de Halo 2), em favor da arcada inspirado em Breakout, além de Regred e Eden. Nós temos jogado a beta há algum tempo, então o nosso foco para este artigo é sobre as duas fases iniciais, mas mesmo com os novos mapas em jogo, é claro que a 343 Industries ainda tem como foco jogos 4vs4 para propósitos de teste.

Uma comparação com Halo 4 em Master Chief Collection é esclarecedora. Embora o ritmo de Halo 5 seja melhorado com a adição de novos movimentos, como agarrar as saliências e impulsionamento a meio do ar (que ostentem uma estranha semelhança com os controlos ágeis de Call of Duty: Advanced Warfare), os avanços técnicos por trás do jogo são amplamente focados nos efeitos visuais de topo. No papel, isso é o mínimo que podemos esperar de um novo capítulo Halo na Xbox One, mas, na prática, tem uma série de repercussões, tanto para melhor como pior.

Falando com a The Guardian sobre a precisão da construção do novo motor, o diretor de desenvolvimento Frank O'Connor chama isso de "uma grande redefinição em termos de tecnologia." No entanto, não há como escapar do forte sentido de legado da série. "Alguns princípios fundamentais da jogabilidade e algumas peças familiares de código ainda vai ser enterrado lá", diz O'Connor, "mas tecnologicamente, este é um jogo totalmente novo e estamos incrivelmente animados com isso.""

Então o que podemos esperar do primeiro e verdadeiro novo jogo Halo da geração? Com base nessa beta, o progresso visual desde Halo 4 é em grande parte trazida por meio de um novo modelo de iluminação e espaço do ecrã de efeitos, como motion blur, ambient occlusion, bloom e reflexo de lente. O plano estabelecido pela Bungie está claramente mantida em posição firme sob estas camadas extras; As físicas idiosyncratic de Halo para o salto, saltos de granadas e Spartan ragdolls ainda mantém o peso durante o combate.

É uma oportunidade perdida para ir com tudo - para pressionar o botão de reset não apenas na tecnologia de renderização, mas sobre a jogabilidade. No entanto, o sentimento continua muito de evolução em vez de revolução. Embora tenha remendado com o movimento da configuração de combate para melhor, a 343 Industries está aparentemente optando pelo caminho seguro no plano técnico, camadas de novos efeitos sobre um projeto do núcleo de forma familiar. Nesta trajetória, o Halo 5 está definido em cair em fileiras como vários títulos importantes da Xbox One e PS4 do ano passado - como Assassins Creed Unity ou FIFA 15 - onde o novo hardware é usado principalmente para reforçar o brilho visual em vez de radicalmente desenvolver novas ideias de jogabilidade.

Mesmo assim, as alterações nos controlos de Halo 5 tornam este o jogo da série mais fortemente manipulado e imediatamente divertido. A capacidade de escalar até saliências é especialmente valiosa para etapas cheias de plataformas como Breakout e os movimentos acelerados abre novas opções de ataque. E poupando os movimentos de slides, cada nova capacidade complementa a ação surpreendentemente bem - apesar de que vai ser interessante ver como os veículos habilmente podem agora contrariar o ritmo a pé mais rápido.

A análise de frame-rate no cenário Empire de Halo 5. Em partidas 4v4 o jogo mantém na maior parte uma linha de 60fps, mas o encontro com muitos jogadores, súbitas explosões de tiros e apanhar as armas causa a perda de frames - as maiores descidas puxa-nos para perto de 50fps com tearing no topo do ecrã.

Infelizmente, enquanto há alguns efeitos realizados que funcionam na beta de Halo 5, a escolha da 343 em bloquear a resolução em 720p para a beta faz comparações indesejáveis com títulos existentes naThe Master Chief Collection. A resolução é apenas um elemento em termos de qualidade de imagem geral, mas como as coisas estão, a remasterização 1080p de Halo 4 é muito mais fácil para os olhos - mas mesmo desfalcado em extras visuais da sequela - também há claros benefícios na jogabilidade.

Estamos felizes em ter uma mente aberta sobre as escolhas finais de resolução, mas o framebuffer 1080p empregados em The Master Chief Collection apresenta vantagens claras para um shooter na primeira pessoa em que o Full HD completo do Halo 4 se vê num grande mapa como Ragnarok muito mais claramente e mais útil para o jogador, por exemplo. No momento, não há nenhuma fase na rotação da beta de Halo 5 para corresponder a este âmbito incrível, mas os artefatos stair-step em Breakout já é um sinal claro de que a resolução é uma questão que precisa ser amplamente abordada pelo lançamento, de preferência sem retirarem as melhorias do novo motor no processo. A questão é até que ponto a 343 pode subir a contagem de pixels sem introduzir à GPU um gargalo no processo de renderização.

Em termos de otimizaçãogeral, há ainda a melhor parte do ano restante para melhorar significativamente essas questões antes do lançamento no Outono. Halo 5 será lançando com 60fps estabelecidos como o frame-rate alvo. É um objectivo ambicioso, dado o impulso para uma reformulação visual, e agora, principalmente , atinge a marca. No entanto descidas para 50fps são um problema com muitos Spartans inimigos no ecrã - especialmente perceptível no cenário Regret. Enquanto isso, o tearing também é introduzido durante essas quedas, cortando o terço superior do ecrã, embora seja difícil de reparar dado que este é superior ao seu HUD (que, curiosamente, também é processado a 720p).

O mapa Truth mostra que o motor de Halo 5 ainda precisa de trabalho para se adequar a uma experiência perfeita de 60fps. Em 1280x720 com apenas oito jogadores envolvidos neste nível mostra descidas semelhantes a Empire e com tearing no topo do ecrã.

Vemos o frame-rate cair e tudo isso pode ser interpretado como uma pequena preocupação, sobretudo tendo em conta que estamos apenas a jogar em tamanho médio, livre de veículos e partidas 4v4 - onde as grandes batalhas de equipa com 16 jogadores (ou mais) estão na lista dos mais desejados pelos fãs para o produto final. Tendo em conta a resolução de 720p, o aparecimento de problemas de frame-rate é bastante surpreendente. Bem, é importante ressaltar que estamos a lidar com código de pré-produção aqui e com base nas nossas observações, a ideia de que a GPU é a culpada nas descidas de frame-rate pode estar fora de questão.

Olhando para os vídeos de desempenho de frame-a-frame, parece que vários glitches podem aparecer a qualquer momento - e não parecem necessariamente ser causados pelo funcionamento intenso do GPU. Nós arriscaríamos um palpite de que a queda artificial para 720p de fato removeu o hardware gráfico como um obstáculo para o alvo a 60fps do jogo na maior parte e que outros bottlenecks e glitches no work-in-progress está a causar muitos dos problemas no código da beta. Por exemplo, vemos descidas de frame-rate causados por ações simples, como fazer reloading e andar imediatamente após um respawn. Mesmo pegar numa arma e disparar pela primeira vez pode produzir quedas de desempenho. Outras vezes, as quedas ocorrem numa base aparentemente aleatória, sem evidência visível do que poderá ser a causa. Todos estes problemas devem, esperamos nós, ser resolvidos no lançamento.

Como um aparte, nós também notamos um fenómeno interessante com a cutscene de abertura de cada mapa. Estas sequências deslocam-se aos principais locais da cada fase, mas mostram efeitos e geometria que funcionam em atualizações separadas. Partículas, efeitos alfa e o motor de iluminação tornam tudo a 60fps, neste caso, mas as animações de personagens e atualização da câmera ficam em torno de 30-40fps. É uma renderização semelhante de-sync ao que observei em Diablo 3 na PS4 antes da atualização, onde os elementos visuais são actualizados independentemente uma da outra. Felizmente, em Halo 5 isso apenas afeta as cutscenes de abertura ao invés da jogabilidade.

O cenário espiral Regret foi aberto aos jogadores recentemente e dá mais trabalho ao motor - colocando no registro a nossa maior descida para 45fps. E tal como os outros mapas, os frames descem aparentemente sem causa aparente.

No seu estado atual, o modo multiplayer de Halo 5 sente-se um bocado misturado - o que é evidente é que esta é uma experiência rápida, lisa e um multiplayer extremamente divertido, mas tendo em conta os recursos disponíveis para a 343 (não menos importante a escala e o alcance potencial da infraestrutura da nuvem Azure), o que se sente é a falta uma mudança genuína no jogo - uma verdadeira revolução na experiência multiplayer de Halo. Claro, é importante ressaltar que esta beta mostra apenas uma pequena seleção do eventual mapa, mas mesmo com os cinco mapas mostrados até agora, ainda existem muitas incógnitas a cerca do produto completo. A escala e número dos mapas maiores é um mistério, e (muito provável) o remake de Blood Gulch poderia muito bem surpreender-nos com a melhoria dos níveis de detalhe e texturas em comparação à versão Halo 4. O estado do modo single-player também é um enigma - e nós esperamos que o gaguejo visto nas intros do modo multiplayer não sejam um sinal de como as cinemáticas da história se desdobrarão.

Sem dúvida, o ponto positivo é que os controlos de Halo 5 são muito mais refinados do que nunca. Cada clique no botão de impulso proporciona uma arrancada satisfatória numa curva - e também aumenta o ritmo de tiroteios em pleno ar, sem mudar muito a fórmula de Halo. Utilizado de forma eficaz no modo Breakout, abaixar e mergulhar entre os pontos de cobertura é uma enorme diversão. No entanto, é uma mudança que poderia concebivelmente ser feita para a série na Xbox 360, o que levanta a questão: que diferença faz o hardware Xbox One aqui?

Como as coisas estão, os esforços da 343 Industries para mostrar o progresso técnico na mais recente plataforma da Microsoft desaponta um bocado nesta compilação da beta. Tendo em conta que é o primeiro Halo construído apenas para a Xbox One, o estúdio carrega um enorme peso a nível de expectativas em trazer uma vitrina técnica para a consola. Halo 5 deve de alguma forma ir muito mais longe do que a beta nos mostra, com os 1080p60 dos títulos existentes que já vimos em Master Chief Collection. No entanto, apesar de alguns ótimos trabalhos de efeitos, esta beta faz pouco para mostrar os pontos fortes do novo motor para a Xbox One - e não podemos deixar de esperar mais tendo em conta que esta tecnologia destina-se a marcar um salto geracional. O caminho para a versão final é longa, porém, vai ser fascinante ver até que ponto será realmente um Halo de próxima geração.

Publicidade

Salta para os comentários (47)

Sobre o Autor

Thomas Morgan

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Conteúdos relacionados

Dreams ganha data de lançamento

Sairá do Acesso Antecipado em Fevereiro.

ArtigoRiot Games quer "expandir o Universo de LoL ao criar jogos indie de elevada qualidade"

Leanne Loombe explica-nos numa entrevista o que é a Riot Forge.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

Modern Warfare COD Points: Como obter COD Points pagos e gratuitos

Existem muitas formas de os ganhar e gastar.

Esta publicidade da PS4 Pro é de chorar

Já alguma vez um videojogo te fez chorar?

Também no site...

Comentários (47)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários