DC Universe Online rende mais na PS4 e PS3

Quem disse que as consolas não são indicadas para os free-to-play?

O PC e o mercado mobile são normalmente vistos como as melhores aposta para jogos free-to-play, mas com o jogo certo, as consolas podem render mais que estas plataformas.

Um caso destes é DC Universe Online, que está a render mais nas versões para as consolas do que no PC.

"A PS4 tem monetizado incrivelmente bem, algures entre 3 a 3.5 vezes mais do que o rácio de monetização no PC," disse John Smedley, presidente da SOE, ao Gamasutra. "Ver este tipo de diferença entre a taxa de pagamentos entre o PC e a PS4 é surpreendente, mostra que há de facto um mercado".

Na PS3 a diferença de monetização não é tão elevada, mas ainda assim, Smedley refere que neste momento é o dobro do que estão a obter no PC. Mas lançar um free-to-play como DC Universe Online para várias plataformas não é propriamente fácil.

Uma das dificuldades apontadas por John Smedley é a interface. Como nas consolas não existe o rato, tudo se torna mais complicado. Outra dificuldade é garantir que a loja in-game funciona perfeitamente e resulta numa experiência positiva.

Depois de lançado o jogo, as complicações não param. Sempre que é preciso lançar uma atualização para todas as plataformas, é preciso lidar com a logística, dado que cada plataforma tem um processo de aprovação diferente que podem demorar períodos diferentes.

Não há dúvida que parte do sucesso de DC Universe Online pode ser atribuído a ter sido um dos primeiros free-to-play disponíveis para a PS4, mas Smedley está convicto que os jogos gratuitos têm potencialidade para crescer nas consolas.

Publicidade

Salta para os comentários (21)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (21)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários