Michael Pachter acredita que PS4 manterá a liderança em 2015

Afirma que Microsoft cortará novamente no preço da Xbox One.

Em declarações aos nossos colegas do Gamesindustry.biz, Michael Pachter forneceu a sua previsão para 2015, referente ao mercado de consolas, nomeadamente PS4, Xbox One e Nintendo, não deixando de lado a Activision.

Antes de falar sobre 2015, Michael Pachter lembrou que conseguiu acertar em muitas coisas que previu para o ano 2014, nomeadamente na liderança da Sony na PS4 em virtude de ter um preço mais baixo que a Xbox One, bem como o corte de preço da Xbox One e as dificuldades da Wii U, apesar de ter sido lançada um ano mais cedo que as restantes consolas.

Para 2015 Michael Pachter afirma que a PS4 manterá a liderança, e dá como garantido que a Xbox One verá o seu preço de retalho reduzido para 349 dólares logo no início do ano, e aposta em bundles, dando o exemplo de Evolve e o Battlefield Hardline.

1
Michael Pachter tem um dedo que adivinha.

A liderança mantida em 2015 pela PS4 dever-se-á aos exclusivos que a consola terá, onde Michael Pachter afirma que "a companhia tem um alinhamento de exclusivos fenomenal, e estão espalhados pelo ano. Isto fará com que haja um grande interesse na consola, permitindo à Sony manter a liderança".

Sobre a aquisição de Minecraft, Michael Pachter comentou que a companhia irá levar o jogo para além dos videojogos.

Já sobre a Nintendo, Michael Pachter reafirma a falta de apoio das third-parties, e o ano 2014 foi muito neste aspeto, onde grandes séries falharam o seu lançamento na Wii U. Por esta razão o ano 2015 não será muito diferente, segundo Michael Pachter, onde cada vez mais companhias abandonaram a produção de seus jogos para a Wii U.

Sobre os jogos exclusivos Wii U, provenientes da Nintendo, Michael Pachter afirma que apesar de terem qualidade, apenas atrai os hardcore, sendo que são tão poucos e espaçados no tempo que não justifica aos restantes adquirir uma consola.

Já sobre a Activision Michael Pachter afirma que a companhia continuará a sua saga pelos free-to-play, e que o Hearthstone foi apenas o início. Michael Pachter julga que a Activision irá retirar um rendimento de 500 milhões de dólares em 2015 dos jogos free-to-play, e que em 2016 será mil milhões de dólares. Jogos tais como Heroes of the Storm, Call of Duty Online e Overwatch será também os responsáveis por esses valores.

Salta para os comentários (27)

Sobre o Autor

Jorge Soares

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets  |  eurogamerpt

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.

Conteúdos relacionados

Nova trilogia de filmes Spider-Man confirmada

Tom Holland regressará como Peter.

Call of Duty: Vanguard em promoção em todas as plataformas

Activision tenta recuperar das baixas vendas iniciais.

Cyberpunk 2077 terá versões PS5 e Xbox Series antes de abril de 2022

The Witcher 3 terá versão de atual geração na primavera de 2022.

Tentam imaginar como será a PS5 Slim e PS5 Pro

Designer conceptual apresenta a sua proposta.

Também no site...

Crash origina remoção de modo em Call of Duty: Vanguard nas consolas Xbox Series

Sledgehammer investiga causas por detrás dos problemas com Champion Hill.

Call of Duty: Vanguard em promoção em todas as plataformas

Activision tenta recuperar das baixas vendas iniciais.

Cyberpunk 2077 terá versões PS5 e Xbox Series antes de abril de 2022

The Witcher 3 terá versão de atual geração na primavera de 2022.

Comentários (27)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários