C|Net indica os jogos mais decepcionantes de 2014

E quais os vossos?

O site C|Net publicou uma lista dos jogos que foram mais decepcionantes para eles durante este ano de 2014.

O site fez questão de mencionar que os jogos que estão nessa lista não são jogos necessariamente maus mas sim jogos que não cumpriram com as expectativas em torno deles.

Em baixo fiquem com o top 6 dos jogos mais decepcionantes e os motivos pelos quais foram escolhidos. Nos comentários não deixem de dar também as vossas opiniões.

  1. Assassin's Creed Unity - "Os jogadores e analistas criticaram o jogo pelos seus problemas técnicos que incluíam, terríveis quebras de frame rate, estranhos erros gráficos com os NPC, entre outros problemas gráficos."
  2. NHL 15 - "Alguma controvérsia no desenvolvimento, características que não chegaram a estar no jogo e problemas de jogabilidade, tudo isto levou a série NHL que outrora estava nos píncaros a entrar na rua da amargura. NHL 15 na Xbox One e PS4 apesar dos gráficos e do grande valor de produção, pperdeu uma grande quantidade de modos de jogos em comparação com a muito aclamada versão da geração passada de 2013."
  3. The Sims 4 - "A série The Sims tornou-se sinónimo de grande inovação em termos de design, mas The Sims 4 parece ter sido um passo atrás. Uma vez que parece ser mais do mesmo e não trazer nada de inovador."
  4. Thief - "Um desenvolvimento atribulado com o projecto a mudar de equipa muitas vezes, e o resultado final apresentou um jogo sem inspiração e sem nada assombroso."
  5. Watch Dogs - "Os anos de hype que Watch Dogs teve antes de ser lançado não foram justos. Watch Dog's não é um mau jogo, mas não conseguiu cumprir com as altas expectativas geradas em seu redor. O jogo ensinou uma grande lição. Não se deixem comprar pelo hype, deixem a versão final de um jogo mostrar aquilo que ele vale. Uma demo ou trailer nunca é um verdadeiro indicador da qualidade de um jogo."
  6. Destiny - "Em termos de mecânicas de jogabilidade, Destiny foi um FPS acima da média. Mas para além disso, Destiny foi um jogo banal em quase todas as categorias. O jogo tornou-se numa vitima do seu próprio hype, fazendo os jogadores acreditar que estavam a adquirir algo que simplesmente não existia. Uma história coerente, variedade de níveis e uma experiência de campanha substancial, foi tudo o que não foi encontrado no jogo."

Publicidade

Salta para os comentários (41)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (41)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários