Super Mario Galaxy 3 poderá acontecer mas somente na futura consola Nintendo

Miyamoto defende catálogo para 2015.

Em entrevista com os nossos colegas do Eurogamer em Inglaterra, Shigeru Miyamoto da Nintendo falou sobre a oportunidade de criarem um novo Super Mario Galaxy consoante a tecnologia dos seus equipamentos melhora e avança.

1
Super Mario Galaxy foi lançado quase há 8 anos.

Mario Galaxy e sequela foram, para muitos fãs, o expoente máximo da Nintendo em termos de plataformas em 3D e já passaram cinco anos desde a chegada do segundo jogo.

"[Um novo Mario Galaxy] está sempre em discussão. Mesmo em Mario 64 houve muita informação recolhida sobre as pessoas que enjoavam ao jogar em 3D ou por o termos feito muito difícil," disse Miyamoto.

"Voltando às nossas raízes com New Super Mario Bros., qualquer pessoa pode jogar esse jogo, por isso voltamos a esses tempos," explicou o mestre da Nintendo.

"Estamos sempre a pensar, existe um meio termo onde as pessoas que gostam dos mundos 3D de Galaxy e os que desfrutam de New Super Mario Bros. possam ambas gostar? Estamos sempre à procura dessas oportunidades," acrescentou Miyamoto.

"Pelo outro lado, eu e [yoshiaki] Koizumi-san, director de Galaxy, estamos sempre à procura de desafiar Galaxy e fazer outro jogo de acção 3D. No entanto, não podemos desenvolver tantos jogos ao mesmo tempo."

"Mas com a tecnologia dos equipamentos a melhorar e avançar, penso que existirá uma grande oportunidade para ambas as opções."

Sobre a possibilidade de ser forçado a esperar pela nova consola para ter mais poder, Miyamoto explicou que a Wii U é boa o suficiente em termos de performance, o problema está na carga de trabalho que poderá exercer sobre a equipa de desenvolvimento.

2
Os níveis finais de Super Mario 3D World foram altamente inspirados em Galaxy.

Os jogos 2D de Mario como New Super Mario Bros. venderam mais do que os jogos Galaxy (New Super Mario Bros. Wii vendeu 29.3 milhões de unidades enquanto Super Mario Galaxy vendeu 12.5 milhões e Galaxy 2 vendeu 7.4 milhões) logo não é de admirar que o mais recente, Super Mario Maker, seja um jogo em 2D.

Super Mario Maker foi uma das estrelas na E3 deste ano e apesar das reacções negativas a jogos em séries como Metroid, Miyamoto acredita que estão na mesma a oferecer algo novo e defende o catálogo de jogos para 2015.

"Se olhares para o catálogo que temos para este ano estamos a usar as cartas Amiibo, os Amiibo, a ferramenta de edição de Mario Maker, dois ecrãs. Tanto o novo Metroid como Zelda: Triforce são novos em termos de gameplay. Mesmo para o próximo ano, estamos sempre a pensar em formas de surpreender a audiência."

Em baixo podem ver um especial que os nossos colegas de Inglaterra criaram para a entrevista com Miyamoto.

Salta para os comentários (11)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Grounded estreia-se entre os mais jogados no Xbox Live

Mais de 1 milhão de jogadores nos primeiros 2 dias.

Xbox Game Pass pode salvar a vida dos indies, diz criador indie

Revela que acordo Game Pass permitiu financiar o seu jogo.

Temtem confirmado para a PS5

Quando sair do acesso antecipado.

Hood: Outlaws & Legends anunciado

Multi-plataformas cross-gen.

Novo vídeo de Godfall explica tudo sobre o jogo

Desde a ambientação até ao sistema de combate.

Comentários (11)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários