Visceral revela mais detalhes da história de Battlefield: Hardline

E diz que o adiamento não vai fazer mossa.

Durante a Comic-Con, um porta-voz da Visceral Games, estúdio responsável por Battlefield: Hardline, assinalou que o adiamento do jogo de outubro para março do próximo ano não irá fazer muitos estragos, uma vez que a qualidade do produto final vai fazer com que se esqueçam desse adiamento.

"Quando penso sobre os grandes jogos que eu me lembro, tive grandes relações com eles. Não me lembro quando eles foram lançados, mas quem se importa? Se o jogo for suficientemente bom, isso ultrapassa tudo," disse o porta-voz do estúdio, apesar de também reconhecer que no plano original não incluía o adiamento, mas a Beta obrigou-os a tomar essa decisão.

"Este trabalho é muito repetitivo," continuou o porta-voz. "Pensas que estás a fazer uma coisa, mas quando a dás a conhcer a muita gente, eles fazem uma série de coisas diferentes e depois tu pensas 'Acho que fizemos algo um pouco diferente" Óptimo, mas agora como é que podemos torná-lo ainda melhor?' Por isso estamos a aproveitar o tempo extra para torná-lo melhor."

Battlefield é um spin-off da série bélica original, que substitui os tradicionais campos de batalha por ambientes urbanos onde polícias e ladrões entram em confronto.

Segundo a mais recente informações, o modo campanha vai girar em torno de polícias que são injustamente acusados de um crime e que irão trabalhar disfarçados para limpar os seus nomes.

Salta para os comentários (14)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (14)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários