Microsoft fecha os Xbox Entertainment Studios

Foco cada vez mais nos jogos mas séries TV como a de Halo têm futuro assegurado.

A Microsoft anunciou que vai encerrar os seus Xbox Entertainment Studios dentro dos próximos meses, segundo um comunicado interno ao qual o TheVerge teve acesso.

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, parece cada vez mais centrado nos videojogos e diz que a Microsoft enquanto companhia que fabrica uma plataforma dá primazia ao mobile e à nuvem, dizendo ainda que "os jogos são a principal e maior categoria na vida digital num mundo que dá primazia ao mobile."

"Para a Xbox ter sucesso, deve dedicar-se a ser uma organização centrada nos consumidores com a missão de cumprir com as expectativas dos devotos fãs, para criar os melhores jogos e conduzir a inovação técnica."

Depois da reestruturação anunciada hoje, Spencer diz que a sua divisão vai procurar simplificar o seu catálogo e esforços de desenvolvimento, sendo parte dos planos encerrar os Xbox Entertainment Studios. Spencer agradece ainda a todos os funcionários da sua divisão e congratula-os pelos seus feitos.

Signal to Noise, Halo: Nightfall e a série televisiva de Halo vão ver a luz do dia e podem contar com o suporte NFL na Xbox mas de resto nada mais chegará a ser produzido e lançado.

Gears of War, Fable, State of Decay, Forza Motorsport, Age of Empires, Deadlands, Extraordinary Believers, Fearless, Gun Machine e uma adaptação de Winterworld foram mencionados em Abril pela Microsoft como potenciais candidatos a séries televisivas mas agora tudo fica na fase de planeamento.

Salta para os comentários (10)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (10)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários