Riot oferece dinheiro a novos funcionários se estes quiserem desistir

Para garantir integração total.

A Riot, produtora do célebre League of Legends, iniciou um programa peculiar, que visa garantir que as novas contratações ficam na empresa porque gostam e se sentem bem com o seu trabalho, e não por questões de segurança financeira.

O denominado "Queue Dodge" é um programa que oferece uma compensação de 10 porcento do salário anual do trabalhador, se este decidir sair da empresa nos primeiros dois meses. Este valor pode ir até aos 25 mil dólares.

Tudo o que o funcionário tem que fazer é pegar no seu cheque, e vir embora sem que lhe sejam colocadas quaisquer questões. Este programa é actualmente restrito aos funcionários Norte Americanos da Riot.

"Não queremos empurrar as pessoas para fora da empresa, ou desafiá-las a sair, mas queremos providenciar uma rota segura de saída. Operamos numa filosofia de missão partilhada, valores, paixão, confiança e respeito mútuo."

"Se alguém se sentir amordaçado pelos nossos costumes, a nossa cultura, será prejudicial para a empresa e para ele manter-se cá apenas pelo cheque do salário. Desenhamos o "Queue Dodge" para ajudar a filtrar aqueles que se sentem identificados, numa forma positiva e construtiva."

"Não sabemos quantas pessoas podem optar pelo "Queue Dodge", mas vamos aprender com isso e tomar melhores decisões de contratação em consequência."

1

Salta para os comentários (1)

Sobre o Autor

Aníbal Gonçalves

Aníbal Gonçalves

Redator

MMOs e RPG são com o Aníbal. Aliás existe um rumor na redação que a sua primeira casa é o World of Warcraft. Mas às vezes também o vemos a fazer uns exercícios. Não é mau de todo.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (1)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários