Top 10: Os jogos que mais queremos ver na E3 2014

Quais são os vossos?

A E3 é sempre o maior evento de videojogos do ano e as expectativas estão sempre em alta para o que as editoras e fabricantes de consolas estão a reservar para o evento que se realiza todos os anos no início de junho na cidade de Los Angeles. Como em anos anteriores, o Eurogamer Portugal marcará presença no evento e já estamos a ficar ansiosos para a quantidade incrível de jogos que vamos poder jogar no Convention Center de 10 a 12 de junho (amanhã começamos já a nossa viagem para o outro lado do mundo).

O evento deste ano é especialmente promissor. Tanto a Sony como a Microsoft lançaram as suas novas consolas há questão de meses e apesar de bom começo de ambas, as companhias estão perfeitamente conscientes que têm de manter os utilizadores da PlayStation 4 e Xbox One contentes e também atrair mais compradores. Para isto, não há nada melhor que apresentar novos jogos de tal forma espectaculares que sejam razão suficiente para justificar o investimento numa nova plataforma.

Apesar de estarmos ansiosos por novidades, também estamos muito curiosos para ver mais dos jogos já com presença confirmada para o evento. O pessoal da equipa reuniu-se para votar nos jogos mais desejados, aqueles dos quais queremos saber desesperadamente mais informações e se possível, jogá-los. O resultado foi esta lista de 10 jogos, que queremos partilhar com a comunidade.

Evidentemente, também queremos saber quais são os jogos que vocês mais querem ver na E3 2014, por isso não hesitem em partilhar as vossas listas e opiniões na secção de comentários.

Dragon Age: Inquisition

O primeiro jogo foi incrível e deu-nos a conhecer um universo mágico de fantasia medieval cheio de personagens interessantes e com potencialidade quase ilimitada para explorar em futuros jogos. Com Dragon Age 2 a Bioware parece ter perdido o seu toque "especial" e resultado foi uma desilusão. O segundo jogo tinha um combate pouco desenvolvido e repetitivo, menos locais para explorar e os que havia eram menos interessantes, e a história nem ficou perto de ser tão épica como a de Dragon Age: Origins.

Dragon Age: Inquisition tem o dever de reaver a glória do primeiro jogo e do sabemos até agora, está no caminho certo, prometendo um mundo mais vasto que os anteriores e mais oportunidades de exploração. Para além disto, este será o primeiro Dragon Age para as novas consolas, que ainda não oferecem um RPG excelente como opção. Dragon Age: Inquisition preencherá esse vazio. Os fãs também estão curiosos com o regresso de Morrigan, que era uma das companheiras de equipa em Dragon Age: Origins e que teve um papel importante no final.

Batman: Arkham Knight

Contrariamente a Dragon Age, a série Batman: Arkham criada pela Rocksteady teve até agora um percurso excelente. O jogo do ano passado, Batman: Arkham Origins, não foi tão impressionante como os anteriores mas foi desenvolvido pelo estúdio da Warner Bros. em Montreal e serviu maioritariamente para preencher o tempo de espera entre Batman: Arkham City e Batman: Arkham Knight.

Mais uma vez, estamos contentes por este ser um título que explora a potencialidade das novas consolas, mas não só, a Rocksteady tem provado que a cada novo jogo torna tudo maior, melhor e mais interessante. No caso de Batman: Arkham Knight, poderemos finalmente conduzir o Batmobile e temos um novo vilão, o Arkham Knight, que deu origem ao subtítulo do jogo, com a capacidade de rivalizar com o herói de capa negra. No entanto, o novo vilão não será a única preocupação de Batman, caras conhecidas como Scarecrow, Two-Face e Harley Quinn têm presença confirmada.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

A saga de longa data criada por Hideo Kojima continua a evoluir e a surpreender cada vez mais. Em março deste ano Kojima deu-nos um pequeno aperitivo do que aí vem chamado Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, que serve de prólogo ao novo capítulo, mas o que nós queremos realmente é o prato principal.

Metal Gear Solid V: Phantom Pain só deverá ser lançado no início de 2015, pelo que definitivamente será um dos jogos de destaque da Konami nesta E3 e deverão ser reveladas novidades que vão deixar os fãs com vontade de ter uma máquina para viajar ao futuro e jogar mais cedo. Também já sabemos que será mostrado um novo trailer com cerca de 5 minutos que Kojima descreve como difícil de ver. Quanto a nós, teremos a oportunidade de presenciar ao gameplay de uma demo de 30 minutos.

Star Wars Battlefront

Os fãs de Star Wars tiveram razões para chorar quando a Disney adquiriu a LucasArts e anunciou pouco tempo depois que decidiu cancelar Star Wars 1313, um jogo que mostrava bastante potencial quando foi mostrado pela primeira vez na E3 2012.

Mas há esperança para além de Star Wars 1313. Felizmente a Disney decidiu vender a licença dos jogos Star Wars à Electronic Arts que prontamente anunciou um novo Star Wars Battlefront, que ficou entregue à DICE, produtora de Battlefield e como tal experiente em jogos com grandes campos de batalha e condução de vários veículos, de carros a aviões.

A Electronic Arts tem uma conferência na E3 2014 marcada para dia 9 de junho às 21h00 de Portugal. Certamente que Star Wars: Battlefront será um dos jogos mostrados.

Dragon Ball

A esperança é a última a morrer! Qualquer fã tem que admitir que os últimos jogos de Dragon Ball foram muito mauzinhos, especialmente Dragon Ball Z: Battle of Z, mas há sempre expectativas que o próximo jogo será melhor. Desde a geração da PlayStation 2 que não surgiu um jogo de Son Goku e companhia completamente satisfatório. Será que desta vez será diferente?

Ainda não sabemos praticamente nada deste novo jogo, mas será um dos jogos que a Bandai Namco mostrará na E3 2014 e já temos lugar marcado na apresentação de 30 minutos agendada. Tendo em conta a qualidade dos jogos mais recentes, a probabilidade de ficarmos desiludidos é elevada, mas como dissemos, a esperança é a última a morrer. Vá lá Bandai Namco, dá-nos o jogo de Dragon Ball dos nossos sonhos.

a

The Division

Depois de Watch Dogs não ter correspondido à versão mostrada pela Ubisoft na E3 2012, é impossível não recear que o mesmo aconteça com The Division, um jogo que deixou muitos queixos caídos (não estou a exagerar, pois não?). Mas a Ubisoft recentemente adiou o lançamento para 2015, o que por um lado é mau porque teremos que esperar ainda mais, mas por outro significa que há um compromisso em chegar à melhor qualidade possível e satisfazer as expectativas dos jogadores.

The Division é um jogo promissor com um mundo aberto online persistente, elementos RPG e decisões estratégicas. O palco é a cidade de Nova Iorque depois de ser devastada por uma epidemia, que numa questão de dias transformou a sociedade num caos. O papel de The Division, uma equipa de força especiais, será tentar manter a ordem e a sociedade onde pouco ou nada sobra delas.

Uncharted

O primeiro jogo de Nathan Drake mostrou o verdadeiro potencial da PlayStation 3 enquanto consola e ao longo de uma série de três jogos, tornou-se numa das personagens mais adoradas da Sony com o seu espírito aventureiro de Indiana Jones. Da nova aventura para a PlayStation 4, pouco sabemos, mas tratando-se da Naughty Dog, que com The Last of Us provou ser um estúdio no seu auge, estamos à espera de ficar espantados e surpreendidos.

Até onde viajará Nathan Drake nesta nova aventura? Que segredos vai descobrir? Quais as caras conhecidas que vão regressar? Que tipo de vilão enfrentará desta vez? São perguntas pelas quais aguardamos ansiosamente por resposta. É verdade que Nathan Drake já teve direito a três aventuras na PlayStation 3 e a mais uma na PlayStation Vita, mas ainda não estamos cansados das doses de adrenalina e de diversão que os jogos oferecem. Estamos prontos para mais!

Sunset Overdrive

O grande exclusivo da Insomniac Games para a Xbox One. Já tínhamos visto um teaser na E3 de 2013, mas só no passado mês de maio assistimos ao primeiro trailer gameplay e não podíamos estar mais contentes com o resultado. A Insomniac parece ter aplicado a este jogo tudo o que aprendeu ao longo dos anos com Ratchet and Clank e Resistance, pegando nas melhores ideias e misturando-as numa cidade em mundo aberto colorida e que transpira a diversão.

Em bom estilo da Insomniac Games, seguindo a tradição dos seus jogos anteriores, as armas são incrivelmente criativas, desde um lançador de ursos de peluches explosivos a um taco de baseboll que cria pequenos tornados. Sunset Overdrive também prima pelo humor, herdado de Ratchet and Clank, onde até morrer será engraçado. Temos informações que será lançado ainda em 2014 (possivelmente no final do ano), mas a data concreta só deverá ser revelada na conferência da Microsoft.

Novo jogo da Quantic Dream (The Dark Sorcerer?)

A Quantic Dream está a trabalhar com a PlayStation 4 há algum tempo e no ano passado foi revelado o primeiro fruto desse trabalho no formato de uma demo tecnológica, que poderá ou não evoluir para um jogo. The Dark Sorcerer deu-nos a primeira impressão do que esperar graficamente da nova geração, mas não só, também nos mostrou a faceta humorística da Quantic Dream que não conhecíamos.

Na PlayStation 3 esta produtora francesa foi responsável pelos jogos dramáticos Heavy Rain e Beyond: Two Souls, ambos focados na parte narrativa e em tornar os videojogos mais próximos da sétima arte. Nada nos garante que será na E3 2014 que veremos o primeiro jogo de David Cage para a PlayStation 4, contudo, não deixamos de ter expectativas de que este seja uma das surpresas que a Sony guardou para a sua conferência.

Seja o que for que a Quantic Dream está a produzir, estamos altamente curiosos para ver o que vem aí.

Agent

Guardamos este para o fim porque é puramente especulação e praticamente não existem garantias que será mostrado no evento, não obstante, seria sem dúvida a maior surpresa que a Sony poderia mostrar. Para quem não sabe, Agent foi um exclusivo PlayStation 3 da Rockstar Games anunciado na E3 2007, mas para além de um logo, nada mais conhecemos do jogo. Desde que foi anunciado que não foram partilhados detalhes e parece ter caído no esquecimento.

Todavia, apesar da ausência de novidades, parece que o jogo não está morto. Recentemente a Take-Two renovou a marca Agent (o que pode ser considerado suspeito antes da E3) e aparentemente ainda no ano passado a Rockstar estava a desenvolver este exclusivo.

A Rockstar tem dado provas que não sabe fazer maus jogos, por isso qualquer jogo da sua autoria é motivo suficiente para ficar entusiasmado. Será possível que Agent seja re-anunciado como um exclusivo PlayStation 4? Vamos esperar pela próxima semana para descobrir.

b

Publicidade

Salta para os comentários (62)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Final Fantasy 7 Remake já está nas mãos dos jogadores

Apesar da Square Enix ter dito que existiriam problemas de stock.

Não esperes novidades de GTA 6 tão cedo

Um rumor afirmava que o jogo seria anunciado esta semana.

Jogos do PS Plus de Abril revelados mais cedo

Dois jogos excelentes de géneros diferentes.

Passatempo Predator: Hunting Grounds - Aqui estão os vencedores!

Vão receber códigos de 12 meses do PS Plus.

Também no site...

Comentários (62)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários