Microsoft ponderou incorporar o Kinect dentro da Xbox One

Periférico poderia ter feito parte da arquitectura da consola.

Durante o desenvolvimento da Xbox One, a Microsoft ponderou a hipótese do Kinect fazer parte integrante da consola e não um periférico separado. No entanto, o sensor de movimentos fazia com que a plataforma ficasse muito grande, e a companhia acabou por descartar a ideia.

"De facto nós chegámos a criar modelos disso," explicou Carl Ledbetter, responsável pelo design da Xbox One, numa entrevista com o Develop. "Esforçámo-nos, será que conseguimos por tudo isso num só? Será que funciona? A tecnologia ainda não está tão evoluída. Assim que tiveres algo maior que o sensor do Kinect, as pessoas não querem pô-lo perto da televisão, é demasiado grande”, acrescentou.

No início deste ano Ledbetter confessou que existiram 75 protótipos da Xbox One antes de chegar o modelo que actualmente conhecemos. A decisão de que colocar os 2 dispositivos de forma independente permitiu à Microsoft oferecer um novo pacote da Xbox One sem o Kinect, a um preço mais competitivo e apelativo ao consumidor.

Salta para os comentários (10)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (10)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários