As microtransações em GTA não foram incluídas para fazer dinheiro

De acordo com as palavras de Strauss Zelnick.

No seguimento do anúncio de que foram expedidas 32.5 milhões de unidades de GTA V, o chefe da Take-Two Strauss Zelnick referiu numa reunião com os accionistas, que as microtransacções não fora incluídas no jogo pelas receitas, mas antes para acrescentar valor ao jogo.

"O nosso primeiro objectivo é satisfazer os consumidores e criar uma grande experiência. Como sabes, GTA Online é grátis, com possibilidade de o consumidor comum efectuar compras dentro do jogo, sem obrigações claro."

"Não se trata de fazer dinheiro", salientou Zelnick, mas de proporcionar ao consumidor a possibilidade de ter uma "experiência fantástica" e voltarem para mais. "Esse é o segredo para o sucesso económico."

Zelnick continuou, "a razão pela qual oferecemos a oportunidade para investir mais dinheiro no jogo, está coordenada com uma grande experiência. Não tomamos decisões para extrair valor, mas para satisfazer o consumidor, a ideia é que o jogo seja tão bom, que as pessoas têm vontade de gastar dinheiro nele."

Fonte

Publicidade

Salta para os comentários (6)

Sobre o Autor

Aníbal Gonçalves

Aníbal Gonçalves

Redator

MMOs e RPG são com o Aníbal. Aliás existe um rumor na redação que a sua primeira casa é o World of Warcraft. Mas às vezes também o vemos a fazer uns exercícios. Não é mau de todo.

Conteúdos relacionados

PS5 e Xbox Series X confirmadas para o Tokyo Game Show

Japoneses vão experimentar jogos de nova geração.

Dreams ganha data de lançamento

Sairá do Acesso Antecipado em Fevereiro.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

Grand Theft Auto Online está cada vez mais popular

Seis anos depois, é uma máquina de gerar dinheiro.

Também no site...

Comentários (6)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários